"". Life of Cherry: 7 unpopular opinions de filmes da Disney !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

17.7.20

7 unpopular opinions de filmes da Disney

 7 unpopular opinions de filmes da Disney

Tal como prometido aqui, trago-vos hoje  unpopular opinions versão Disney. Peço desde já desculpa por serem opiniões mesmo à miúda dos anos 90, não consta aqui nenhum filme realizado depois de 2010, é só clássicos ou live-actions. Sorry not sorry.

(Atenção: este post contém spoilers dos filmes "A Bela o Monstro", "Alice no País das Maravilhas", "Mulan", "Frozen", "Cinderela",  "Dumbo" e "Aladdin".)


1. As animações deviam voltar a ser em 2D: A primeira opinião impopular não é de um filme específico, mas de uma característica comum a todos atualmente. Aparentemente, está na moda as produções serem em 3D, em que se vêem todos os poros das personagens. Meus caros amigos, eu se me ponho a ver desenhos animados, é porque quero ver mesmo desenhos animados, com os seus traços de rosto e de corpo toscos. E é possível ter na mesma um pouco de realismo de desenhos. Vejam este candelabro em a "Bela e o Monstro. Olhem bem os pormenores! E isto em 1998!


2. A versão live-action de "Alice no País das Maravilhas" é melhor que a original: Se me pedirem para explicar, eu nem o posso fazer porque, para ser sincera, a versão animada dava-me sono, eu nunca conseguia acabar de ver. Contudo, a versão de 2010 é encantadora, adiciona profundidade emocional à história, e este soundtrack com a Avril Lavigne é lindo (bons tempos na década de 2010s, em que ela estava na moda). 


3. Se calhar até é melhor que "Mulan" de 2020 não tenha cenas musicais nem o Shang: Inicialmente, quando saíram as primeiras informações sobre a nova adaptação da Disney, eu juntei-me à revolta dos restantes fãs. Como assim, não vamos ter as músicas clássicas, o Shang ou o Mushu?! How dare you estragar a minha princesa favorita de infância? Mas assim que vi este trailer arrebatador, eu mudei logo de ideias! Ao que parece, desta vez iremos conhecer a verdadeira lenda chinesa da Mulan e, para tal, a Disney tinha que tirar todos os elementos como a magia e o romance, que desrespeitam um pouco a cultura chinesa - e que, além disso, tirariam o foco do ponto central da história, a honra pela família acima de tudo o resto, mesmo do próprio país. Estou mesmo curiosa para ver esta versão mais adulta da personagem da Disney que mais me inspirou, que vai estrear em agosto. 


4. Frozen não é o primeiro filme a mostrar que uma rapariga não precisa de um príncipe para fazer feliz: É tão irritante quando dizem isto, e o pior é que parece ser a opinião geral. Não querendo puxar a brasa para a minha sardinha (leia-se, para o meu filme favorito), but hello, e a Mulan? "Mulan" saiu em 1998, aquilo na altura é que era muito à frente do seu tempo. Esse sim, é que foi o primeiro a falar de feminismo, não "Frozen". Malta, eu sei que alguns de vocês já nasceram depois de 2000, mas vejam os clássicos antes de fazerem afirmações destas. 


5. Cinderela tem um enredo muito fraco: Um minuto de silêncio antes de continuarmos, pela Cherry de 5 anos que adorava a Cinderela. A "Cinderela" foi o único filme da Disney que vi em adulta cuja magia se perdeu imediatamente. Com os outros eu consegui manter a nostalgia e a ligação emocional da infância. Mas neste, esqueçam, eu encontrei um enredo cheio de falhas. Quase todos o têm (porque não se tinham os mesmos cuidados que temos agora para criar histórias que realmente representem toda a sociedade), porém este é absolutamente aborrecido. Que princesa sem sal, que depende de um vestido bonito e de um sapato para ser feliz. 


6. Dumbo é simplesmente doloroso de se ver: Eu sei que, na altura, a intenção já era chamar a atenção para o abuso dos animais por puros fins de entretenimento (outro filme muito à frente do seu tempo, lançado em 1941!). Ainda assim, eu não consigo vê-lo, nem agora em adulta. Vi uma vez quando era pequena e foi o que me bastou para me ficar a alma a doer toda a vida. A cena que mais me atormenta a cabeça é quando a mãe de Dumbo é presa por simplesmente tentar proteger o seu filho bebé. E a cena dele bêbedo é, na minha opinião, uma das mais pesadas que a Disney já fez, tendo em conta que o seu público alvo são crianças.


7. Will Smith foi um bom Génio: Quando foi divulgado o elenco da live-action de "Aladdin", foram muitos aqueles que ficaram descontentes com a escolha de Will Smith. A verdade é que não deve ter sido fácil para a Disney escolher alguém para desempenhar uma personagem que, anteriormente, foi interpretada pelo lendário Robin Williams. Embora Will Smith nunca pudesse substituir este grande actor na perfeição, ele foi uma excelente escolha. Para fazer de Génio, era preciso ser cómico (óbvio!), ser dramático, saber cantar, dançar, e o ator sabia fazer isto tudo com distinção. 


E vocês? Quais são as vossas unpopular opinions sobre a Disney? 

Sem comentários:

Publicar um comentário