"". Life of Cherry: Palavras do quotidiano que, na verdade, são muito difíceis de pronunciar !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

4.2.19

Palavras do quotidiano que, na verdade, são muito difíceis de pronunciar


É bastante frequente ouvir que o português é das línguas mais faladas do mundo, mas também das mais difíceis de se aprender. Enquanto que o inglês simplifica ao máximo a contração dos verbos, a indiferenciação dos géneros e até mesmo o tratamento por "tu", nós temos regras para tudo e mais alguma coisa. E, portanto, no que toca à pronunciação de palavras, a coisa também se complica. Mesmo para nós, que falamos esta língua desde que nascemos e, ainda assim, nos atrapalhamos em alguns vocábulos do quotidiano, o que resulta em momentos de embaraço, perda de credibilidade ou de um debate aceso que estávamos a ter com um amigo. Por exemplo:


1. Lula: Ou se calhar sou eu, que não sei pronunciar os Ls.

2. Solidariedade: Demorei algum tempo a conseguir dizer esta palavra sem me atrapalhar toda pelo meio. E por escrito também me causava dificuldades.

3. Desconstitucionalização: O que vale é que eu não costumo debater política como quem fala do tempo, senão estava tramada.

4. Cônjuge: Comecei a interrogar-me como raio se pronunciava esta palavra quando tinha que casar os meus Sims em "The Sims".

5. Frustrar: Quer dizer, uma pessoa além de já estar frustrada, nem consegue expressar esse sentimento na sua plenitude porque se atrapalha toda nos r´s.

6. Otorrinolaringlogista: Esta é difícil, naturalmente, pela sua extensão. Era o vocábulo usado nos nossos tempos da primária quando queríamos mostrar que éramos mais cultos que os outros. A parte mais triste da história é que, mesmo hoje, não sabemos pronunciar a palavra.

7. Paralelepípedo: Como se as aulas de matemática, por si só, já não fossem um desafio, pumba, toma lá Cherry, mais uma coisa na qual tens dificuldades. Para quê tantos "le"? Ainda por cima um que se pronuncia "lé" e outro "le". Depois queixam-se que os estrangeiros não conseguem aprender a nossa língua, pois, nem os de cá.


E vocês? Quais as palavras do quotidiano que mais vos custa pronunciar?

16 comentários:

  1. Detesto a palavra cônjuge! Para além de não ser óbvia de pronunciar, é daqueles termos que não acho nada bonitos :p
    Sempre achei graça a otorrinolaringlogista, mas enquanto não aprendi a dizer era frustrante. Agora, por acaso, até me sai bem ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, a união por matrimónio é uma coisa tão bonita e têm que lhes dar um nome destes xD.

      Eliminar
  2. LOOL aiiiii ri-me com o "Lula"! xD Para mim não é difícil, mas entendo bem a luta ahah! Olha, para mim depende dos dias, e das horas de sono :p às vezes tenho o dom da palavra, mas às vezes até a dizer bom dia me atrapalho ahah :)

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, sim, uma pessoa quando dorme pouco é cada pontapé na lingua portuguesa xD.

      Eliminar
  3. Esternocleidomastoideu :p Inconstitucionalissimamente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só sei dizer esternecleidomastoideu por causa das muitas aulas de anatomia que tive xD. Essa até ao ler me troca os olhos xD.

      Eliminar
  4. Bem, confesso que demorei a ler "desconstitucionalização" ahah
    Cônjuge também não acho que seja a palavra mais fácil, é bem esquisita.
    Agora de repente não me estou a lembrar de muitas, mas sei que, às vezes, há palavras que me custa a dizer ou a escrever (tem tendência a acontecer nas frequências ahahah). Por exemplo, uma altura, tive cinco minutos a tentar escrever imprevisibilidade e outra que também me deixava muito confusa era paralisia (normalmente ao dizermos rápido dizemos "paralesia") :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, engasgaste-te toda não? xD.
      Pois, com os nervos à mistura também xD. Realmente, essa também é muito dificil :0.

      Eliminar
  5. Só me atravessei ali com a desconstitucionalização - porque tive de experimentar dizê-las a todas ahah!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah, deixa lá, eu para escrever este post também as li a todas em voz alta xD.

      Eliminar
  6. Paralelepípedo, sem dúvida ahah
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  7. Não é uma palavra do quotidiano mas é tenho imensa dificuldade em dizer fogo de artificio. E antes trocava-me sempre com prateleira e dizia parteleira.

    ResponderEliminar
  8. Eu odeio pronunciar palavras que tenham a letra F! Não sei se já é mania ou não, mas parece que fico com a boca toda estranha ao pronunciá-las, ahah. Estou a falar, por exemplo, da palavra 'puff' ou do nome 'Porfírio'.
    Vá, não são bem palavras do meu quotidiano, mas quis partilhar o meu descontentamento, eheh.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah, não sabia que a letra F podia gerar assim tanto descontentamento xD. Mas, em tua defesa, Porfírio é mesmo uma palavra difícil de pronunciar.

      Eliminar
  9. A figura que fiz, em plena biblioteca, por tentar ler essa terceira palavra...
    A minha Nemesis, ainda assim, consegue ser a palavra "misericórdia". Prefiro que tenham dó de mim!

    ResponderEliminar