"". Life of Cherry: As partes mais embaraçosas dos nossos diários da adolescência !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

30.1.19

As partes mais embaraçosas dos nossos diários da adolescência

 As partes mais embaraçosas dos nossos diários da adolescência

A adolescência é uma época em que a nossa vida anda num turbilhão, as hormonas andam aos saltos, os nossos pensamentos e sentimentos andam confusos... E, se escreveram em diários nessas alturas, isso certamente refletiu-se nas suas páginas, dando origem a algumas entradas mais embaraçosas.


1. Páginas de desdém sobre os teus pais: De acordo com o teu diário, tu tiveste uma infância terrível, muito traumatizante! Tu odiavas os teus pais. Eles nunca te deixavam fazer nada. A frase "quem me dera não ter nascido" era frequente. Com a idade vem a sabedoria, e tu percebeste que afinal os teus pais não eram assim tão maus, na verdade até eram bastante razoáveis.

2. Análises pormenorizadas de pseudo-encontros amorosos: As paixões são uma das coisas mais marcantes na adolescência e que são sempre registadas em diários, mesmo quando não passam de amores platónicos. O pobre coitado do João da tua turma não sabia que um simples olhar na tua direção iria significar, horas mais tarde, TRÊS PÁGINAS DE "O QUE É QUE SIGNIFICA?".

3. Tratar o teu diário como se fosse uma pessoa: Vamos todos culpar o "Diário de Anne Frank" por isto. Escrever "querido diário" (ou pior, dar-lhe um nome), fazer-lhe questões, pedir-lhe desculpa por já não escrever há muito tempo... Meu Deus, era um simples CADERNO! O que é que tinhas na cabeça?!

4. Listas: Ok, eu não sei se isto era só uma mania minha, mesmo à Cherry, eu acho que não sou a única que encheu os diários de listas. Listas das nossas crushes, das celebridades que adorávamos, de prós e contras para uma decisão que parecia ser o fim do mundo (mas que nunca o era)... Era um trabalho muito importante, mais importante do que fazer os trabalhos de casa.

5. Relatados raivosos de discussões que tinhas com amigos: Porque é que nós, enquanto adolescentes, éramos tão maus? Se algum dos nossos amigos lesse estas entradas agora seriamos excomungados não só do nosso grupo de amigos, como de todos os futuros grupos sociais. 


Contem-me, qual foi a coisa mais embaraçosa que já escreveram no vosso diário?

21 comentários:

  1. Nunca tive diários... Não me identifico x)

    ResponderEliminar
  2. Identifico-me com todos os pontos. Às vezes, começo a tentar relê-los mas passadas duas páginas estou demasiado envergonhada com o meu eu adolescente e desisto... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, eu fico envergonhada, por vezes, mas leio sempre até ao fim, a curiosidade vence sempre xD.

      Eliminar
  3. Oie Cherry =)

    Acho que a lembrança embaraçosa que tenho da minha adolescência é a melissa com meia colorida e brilhosa rs...

    Fui uma adolescente muito tranquila, tipo tinha 15 anos mas já parecia ter 60 XDD.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah, eu não, agora aos 21 é que parece que eu tenha 60 xD.

      Eliminar
  4. Agora que penso nisso, acho que nunca tive um diário. Quer dizer, tive, mas acabei por nunca o explorar muito nesse sentido. Se registei um ou dois momentos foi uma vitória ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escreves tão bem que diria que também começaste assim :).

      Eliminar
  5. Escrevi diários durante toda a minha adolescência e que dramas se eternizaram lá!

    Aahah!

    JU VIBES | @itsjuvibes ❤

    ResponderEliminar
  6. É super engraçado, depois com o passar dos anos, ler os diários,....também tive vários,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  7. Eu fazia literalmente um resumo do que acontecia e depois era do género «a X gosta do Y, mas eu é que gosto dele, por isso não pode ser assim.»
    Aahahah que croma que eu era

    ResponderEliminar
  8. Para minha tristeza, porque acho que agora seria uma coisa engraçada de ler, nunca fui dada a diários. Houve um Natal em que me ofereceram um, ainda andava na primária, e eu tentava ir escrevendo, mas esquecia-me que aquilo existia e, por isso, escrevia uma página de ano a ano. Resultado, deixei-me disso. Contudo, achei muita piada a este post e reconheço que, nas poucas vezes em que escrevi no meu diário, usava a cena do "querido diário, desculpa por já não escrever aqui há muito tempo" ahahah!

    Beijinhos,
    dreamcatcherblog2.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, tinhas que usar, se só escrevias de ano a ano xD.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Curiosamente, nunca tive um diário. Quer dizer, comecei vários e em várias alturas da infância/adolescência, mas nunca foram mais longe do que as primeiras duas entradas.

    ResponderEliminar
  10. Encontros amorosos, sem dúvida! ahah
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  11. Não me recordo bem, mas sei que escrevia como tinha corrido o meu dia, e era muito à volta de rapazes e coisas dessas, ahaha! Velhos tempos!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: http://www.margheritablog.com/ || INSTAGRAM: https://www.instagram.com/rititipi/ || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ResponderEliminar
  12. identifiquei me bue com o 3o ponto ahahah
    Gostei do post :p

    ResponderEliminar
  13. Eu nunca tive um diário onde escrevesse mesmo todos os dias, cheguei a começar dois, escrevia umas 10 páginas e depois acabava por desistir :p Mas tenho a certeza que essas 10 páginas me dariam muita vontade de rir se agora o lesse xb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também nunca escrevia todos os dias, mas escrevia mais frequentemente xD. Devias ter guardado, para nos rirmos agora um bocado xD.

      Eliminar
  14. Há com cada coisa que nem me atrevo a reler.xD Mas de qualquer maneira é sempre bom ter um espaço assim cheio de memórias.:p

    Another Lovely Blog!, https://letrad.blogspot.com/

    ResponderEliminar