"". Life of Cherry: Os momentos mais chocantes da 2º temporada de "The Handmaid´s Tale" !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

10.7.18

Os momentos mais chocantes da 2º temporada de "The Handmaid´s Tale"

 Os momentos mais chocantes da 2º temporada de " The Handmaid´s Tale"

(Atenção: Este post contém muitos spoilers. Se não viram a primeira ou a segunda temporada de " The Handmaid´s Tale", não leiam este post).

Após uma primeira temporada chocante, a segunda temporada de "The Handmaid´s Tale" conseguiu ser ainda mais dramática. Parece que não há esperança nesta série! Começo a achar que esta série não foi feita para ter um final feliz, mas para chocar as pessoas e para chamá-las à atenção para coisas que não acontecem só na TV, que também podem estar a acontecer na realidade. E a quantidade de cenas chocantes nesta temporada foi ainda maior do que na anterior. Estou mesmo curiosa para ver o final da temporada, esta quarta-feira. Pelo que vi na promo, vai ser estrondoso!

Esta publicação está muito longa, perdoem-me por isso, mas acreditem que, ainda assim, não estão aqui todos os momentos chocantes (todos os espectadores da série sabem que foram imensos!), eu já fui muito seletiva. Bem, sem mais demoras, vamos então aos momentos mais chocantes da 2º temporada de "The Handmaid´s Tale", na minha opinião.


1. A cena do enforcamento em massa (episódio 1): Esta cena não foi propriamente uma surpresa, porque eu vi-a logo no trailer e foi a cena de abertura da 2º temporada. Além disso, eu nunca acreditei que iriam matar aquelas servas todas (é tão estranho dizer servas, "handmaids" soa muito melhor,), quer dizer estavam mesmo à espera que eu acreditasse que iriam matar um monte de mulheres férteis numa realidade em que as taxas de infertilidade são elevadíssimas?! Eu soube logo que iria ser um falso enforcamento ou que aconteceria alguma coisa estranha para impedir aquilo (ainda assim, assustei-me no último segundo, em que o homem diz " By his hand" e puxam a alavanca) Porém, não deixou de ser uma cena bastante chocante. A música que acompanhou a cena, o olhar de terror de muitas das personagens, o facto de até algumas se terem urinado (a reação fisiológica que muitos de nós teríamos numa situação destas) fez com que tudo fosse bastante real e assustador. O discurso da Aunt Lydia no final também foi muito poderoso. Eu acho que esta cena só mostra que, no fundo, são as servas que têm o poder ao final do dia. Isto foi uma tentativa desesperada de as assustar mas, na verdade, só fez com que a rebelião que estava prestes a começar se iniciasse finalmente.




2. Quando a Aunt Lydia queima a mão da Alma (episódio 1) : No segundo eu que eu percebi aquilo que iam fazer à Alma, eu tive que pôr o episódio em pausa e ir dar uma volta para me preparar mentalmente para aquilo. Esta foi uma das cenas mais gráficas da temporada. Mas pior do que ver foi ouvir os gritos dela. Esta forma de punição conseguiu ser ainda pior do que a de cima, porque usaram o amor que as servas tinham uma pelas outras para as controlar (acho que, ao ver a Alma a sofrer, todas pensaram duas vezes antes de voltar a fazer algo ilegal).


3. June tira a marca de serva da orelha dela (episódio 1):  Outra cena bastante gráfica (esta temporada conseguiu ultrapassar a primeira neste sentido). Ela estava tão desesperada para ser livre e para se livrar de tudo aquilo que a fazia recordar de Gilead que até cortou a marca da serva da própria orelha, não se importando com a dor ou com o sangue (é um mistério como é que ela não desmaiou depois de perder aquele sangue todo, na vida real isso teria acontecido de certeza). O ponto alto da cena foi quando ela disse, no final, " My name is June Osborn (...) I am free".


4. As Colónias (episódio 2): Já tínhamos ouvido falar das Colónias na primeira temporada da série, mas só agora é que nos é dado a conhecer o lugar aonde vão parar todas as mulheres que não são desejadas pelo regime (lésbicas/feministas/que quebraram as leis).  As imagens são sempre mais chocantes do que as palavras, portanto esta cena foi também muito pesada. 


5. A Emily é separada da sua mulher e do seu filho por causa de uma lei (episódio 2): No episódio 2, Emily tem um flashback do passado, em que ela e a sua família tentam escapar, contudo, quando mostram o certificado de matrimónio, o seu casamento é considerado ilegal. Nesta mesma cena, a Emily é interrogada sobre a forma como concebeu o seu filho (e não é preciso pensar muito para adivinhar porquê). Foi muito heartbreaking ver a Emily a ficar para trás, enquanto que a sua mulher e o seu filho foram para um sítio seguro, para o Canadá.


6. A June é apanhada (episódio 3): Eu, ao início, fiquei desconfiada. Como assim vão pô-la a escapar no início da temporada? Mas depois a forma como a cena foi feita convenceu-me. O facto de ela falar sobre a mãe, de dizer que finalmente a compreende, de esperar que a Hannah também a perdoe por a abandonar e, sobretudo, as lágrimas de alívio que caíram do rosto quando o avião levantou voo fizeram-me mesmo acreditar que ela iria escapar. Claro que, "The Handmaid´s Tale" sendo "The Handmaid´s Tale"  deu-nos falsas esperanças para depois furá-las e fazer algo pior.


7. Nick casou-se (episódio 5): O Nick casa-se numa cerimónia conjunta, em que outros guardiões também se casam com raparigas, como forma de honra os serviços que prestaram a Gilead. Não sei o que mais me doeu nesta cena, o Nick a casar com a sonsa da Eden ou a June ser obrigada a assistir a isto tudo.


8. Num flashback, a Serena leva um tiro (episódio 6): No fim de uma palestra que a Serena foi fazer a uma universidade para falar sobre os valores que, mais tarde, seriam os alicerces de Gilead, a Serena é alvo de protestos e leva um tiro. Embora isso não esteja explícito nesta cena, muito provavelmente o tiro na barriga á a razão pela qual Serena é infértil.


9. Ofglen explode um edifício cheio de Comandantes (episódio 6): Esta foi a minha cena favorita da série. Que cena bombástica (literalmente!). A Offred (estou a falar da segunda, não da Emily) foi uma personagem que sofreu uma mudança drástica ao longo das duas temporadas da série. Parecia ser uma pessoa contente com o regime e revelou-se ser uma grande revolucionária. Numa cerimónia de abertura de um novo Red Center, a Ofglen entra no edifício, olha por uns momentos para as outras servas com a granada na mão (como quem diz "fujam!") e, depois rebenta com aquilo tudo. A ironia desta cena é que Gilead fez algo semelhante para derrubar o governo dos Estados Unidos.


10. Serena desrespeita a lei para uma médica poder examinar  a bebé Angela (episódio 8): Esta cena causou-me sentimentos contraditórios. Se, por um lado, mostra o lado mais humano da Serena, por outro lado mostra que ela só cumpre as leis do regime para o que lhe dá jeito. Anyway, ver a médica a vestir a bata pela primeira vez em muito tempo, e ser elogiada pelo o outro médico, que dizia que ela foi a melhor na sua área, foi mesmo muito comovente.


11. Serena vê a liberdade que perdeu (episódio 9): Numa visita ao Canadá, Serena testemunha a liberdade em todas as suas formas. Vê pessoas com telemóveis, casais a beijarem-se na rua, mulheres a ler,... Uma das coisas mais marcantes da sua visita ao Canadá foi quando lhe entregaram um horário com imagens, pois as mulheres em Gilead não podem ler. Foi muito interessante ver a Serena a confrontar-se com toda esta liberdade e vacilar. 


12. Nick encontra o Luck num bar (episódio 9):  Na noite da visita ao Canadá, o Nick vai a um bar e encontra Luke. Este foi um momento muito aguardado na série, o momento em que finalmente o Nick e o Luke se iriam encontrar. O Nick conta tudo ao Luke (bem, quase tudo, omitiu o facto de que se envolveu com a sua mulher). Também lhe entrega as cartas que, mais tarde, o Luke a Moira publicam na Internet, fazendo com que estas se tornem virais. É um momento muito importante na série, pois é o momento em que as pessoas no Canadá realmente "acordam" para aquilo que está a acontecer em Gilead.


13. Fred arranja forma de June ver a sua filha por 10 minutos (episódio 10): O encontro acontece numa casa abandonada, e Hannah aparece acompanhada por uma Martha. Acho que fizeram um excelente trabalho na realização desta cena, pois tornaram-na bastante real. A Hannah não correu imediatamente para a sua mãe como normalmente retratam noutros filmes e séries, olhou-a de modo desconfiado e perguntou-lhe porque é que não tentou protegê-la mais. Foi outro dos acontecimentos que eu já aguardava há séculos!


14. June dá à luz, completamente sozinha (episódio 11): O episódio 11 girou à volta de uma nova tentativa de fuga da June. Ela andou ali às voltas pela casa abandonada, primeiro à procura da chave de um carro, depois a tentar abrir a porta da garagem, depois a preparar mantimentos para fugir, a esconder-se do Comandante que foi à procura dela... Enquanto isto tudo acontecia, eu só pensava "Ela está sozinha e está no final da gravidez.... E se, de repente, entra em trabalho de parto?" Não é que entra mesmo? Não estava à espera que ela fosse dar à luz sozinha. Há quem tenha dito que o episódio foi um engodo, uma nova forma de nos retirar esperança, mas eu achei um episódio poderoso. Ela foi obrigada a abdicar novamente da sua liberdade mas, desta vez, a a sua filha nascer. Foi ainda mais bonito quando ela lhe deu o nome da sua mãe, Holly.


15. Eden e o guardião por quem ela se apaixonou são condenados à morte (episódio 12): No trailer desta temporada havia uma parte em que dois corpos eram atirados para o fundo de uma piscina e, ao início, eu temia que fosse o Nick. Quando o Nick foi capturado no episódio 10 eu pensei "Bolas, é aqui que ele vai morrer", mas depois ele escapou, e eu comecei a suspeitar que quem ia morrer era a Eden. Tal como já disse acima, eu sempre a Eden uma sonsa, com uma grande lavagem cerebral feita por Gilead, e não me importava nada que se livrassem dela. Mas quando ela começou a mostrar-se mais humana e se apaixonou por um guardião, eu comecei a gostar dela. Porém, já sabia que ela  ia lixar-se por isso. Os dois são apanhados e a sentença deles ocorre num lugar que antes era uma piscina municipal. Achei esta cena, apesar de dolorosa, bastante bela. A Eden podia ter "renunciado os seus pecados" para se safar, mas escolheu manter-se fiel aos seus valores, e até citou uma famosa passagem da Bíblia "O amor é paciente, o amor é bondoso...". Depois desta cena, a Eden ganhou o meu respeito. 



E vocês? Qual foi o momento mais chocante da 2º temporada da série, na vossa opinião?

28 comentários:

  1. olha nunca vi a série mas li o post a mesma, fiquei curiosa com a serie :p

    ResponderEliminar
  2. Nossa comecei a ver esta semana mas é mesmo forte!!
    Estou curiosa a ver se melhora

    ResponderEliminar
  3. Por ser tão forte, não conseguiria ver!

    Bjos
    Votos de uma boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só li o post por alto porque quero ir ver a série e não quero saber as partes mais chocantes Aha
      Parece ser boa! Vou experimentar ver Eheh

      pimentamaisdoce.blogspot.pt

      Eliminar
  4. Esta série é BRUTAL! Estou ansiosa para ver como termina a temporada, só falta 1

    ResponderEliminar
  5. Cá estou eu, sem ter visto, a ler tudo ahahahah
    É uma série que me tem despertado imensa curiosidade, mas ainda não me decidi a começar. Tenho que tratar disso, até porque mencionaste pontos que acho que me vão prender ao ecrã

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah, eu já sabia que tu não ias resistir, tinhas que vir xD.
      Só custa começares, quando vires o primeiro episódio vais querer sempre ver mais outro, para ver o que vai acontecer.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Oi!
    Muita gente comentou dessa série na primeira temporada mas eu não gosto desse tipo de entretenimento e por isso não assisto, mesmo assim indico pra todo mundo porque as resenhas são ótimas. Pelas cenas retratadas aqui é uma série que mexe muito com o espectador.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  7. Não fazia ideia que era assim tão forte. Apesar de ter ficado curiosa acho que não vou ter coragem de a ver. O meu coração não ia aguentar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nem sei como é que aguento, o meu coração leva cada facada com esta série...

      Eliminar
  8. Olá !
    Nunca ouvi falar dessa série, mas fiquei com curiosidade mas ao mesmo tempo como sou muito sensivel não sei se iria aguentar, ahahahah, mas tenho de fazer a experiência.
    Beijinhos*
    https://liveloveandlaught4.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O primeiro episódio da série já é muito chocante por si só, já dá para fazer a experiência xD.

      Eliminar
  9. Eu quero muito ver esta série, mas são exactamente estes aspectos mais gráficos que me deixam em dúvida se realmente conseguiria ver :\

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  10. Eu comecei a ver a primeira temporada, mas fiquei algures pelo meio não sei porquê :o

    ResponderEliminar
  11. Nunca vi essa série mas claro que tinha que ler o post todo ahah

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Esta série é tão incrível! Chocante que se farta, mas ao mesmo tempo muito viciante. Já devorei os episódios todos e comecei há pouquinho a ler o livro. :D A minha série favorita de momento!
    The Fancy Cats | Kawaii Box Giveaway

    ResponderEliminar
  13. Nem sabia da existência da série mas fiquei super curiosa. Tenho de ver nas férias. Beijinhos :D

    By Carolina

    ResponderEliminar
  14. Bem, eu ando a pensar em ver a série, por isso vou admitir que não li o post :P Se depois lhe der uma oportunidade vou ver se me lembro de voltar aqui e dar uma espreitadela!

    ResponderEliminar
  15. Gostei tanto desta temporada, talvez mais ainda do que a primeira, é a minha série preferida de sempre, provavelmente. A cena mais chocante acho que foi a morte da Eden, na piscina. Mal posso esperar pela próxima temporada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também e a primeira já foi muito boa!
      Essa cena foi sem dúvida muito chocante, sobretudo por a Eden ser tão inocente.

      Eliminar
  16. OMG Handmaid's! Devoramos esta série cada vez que saía um novo episódio e agora lá vamos ter que esperar para ver o que vai ela fazer. Foi uma temporada daquelas! Venha mais :D

    ResponderEliminar