"". Life of Cherry: 5 lições sobre a sociedade que podemos aprender com a saga " Harry Potter" !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

24.2.18

5 lições sobre a sociedade que podemos aprender com a saga " Harry Potter"


Não me canso de repetir para quem insistir em teimar que a saga " Harry Potter" não é só para crianças. Qualquer pessoa que leu os últimos livros da saga pode confirmar isso, uma vez que nestes ( principalmente " Harry Potter e os Talismãs da Morte") a história ganhou uma dimensão muito mais pesada e até dolorosa.

Na verdade, mesmo que já tenham lido a saga quando eram mais novos, aconselho-vos a voltar a  ler agora que são adultos. Quando era criança, eu só vi os filmes, foi só no verão passado que li a saga, e refleti sobre assuntos sobre os quais nunca tinha refletido antes. Aos olhos de um adulto, a história mais mágica de sempre  pode conter muitas lições sobre o mundo em que vivemos e, se tirarmos a parte da magia, pode ser muito semelhante à nossa sociedade.

( Atenção: Este post tem spoilers. Se não lerem os livros nem viram os filmes, não leiam este post).


1. Não interessa onde nasceste, mas sim aquilo em que te tornas: Sirius Black nasceu numa família de Slyterins cruéis, contudo tornou-se num Gryffindor. A mãe de Hagrid era uma gigante violenta e, no entanto, o Hagrid é a personagem mais querida da saga. Um lema importante repetido muitas vezes nos livros e nas séries é que as pessoas não devem ser julgadas pelo sítio de onde vêm, mas pelas suas escolhas. É algo que nós, enquanto sociedade, devíamos transpor para a realidade.

2. Todos merecemos ter os mesmos direitos: Muitos dos acontecimentos da história criada pela J.K Rowling podem resumir-se a esta lição. Muito do enredo envolvia a desmantelação da opressão e da desigualdade. Os elfos domésticos têm o direito de ser pagos. Lobisomens, centauros e as outras criaturas mágicas merecem ser tratadas da mesma forma que feiticeiros. Os feiticeiros de sangue puro não devem ser superiores àqueles que nasceram em famílias Muggle. Na vida real, conseguimos estabelecer facilmente o equivalente destas lutas. Os escravos modernos, as crianças, que trabalham quase de graça para fabricar coisas banais como roupa e telemóveis. Os direitos dos animais. Os direitos das mulheres. A discriminação entre raças. Infelizmente, o nosso mundo também está longe de ser perfeito.

3. Não devemos confiar cegamente no governo: Lembram-se do primeiro livro, em que o Ministério da Magia parecia ser espetacular, mágico, o governo ideal? Mas depois, ao ler os restantes livros, fomos descobrindo a propaganda  falsa, a corrupção, a Dolores Umbridge, até o Ministro Fugde, que parecia ter boas intenções, estava um caco mentalmente. Nem sempre as leis definem aquilo que está certo e errado. Muitas vezes estão desajustadas à realidade de um país, pelo que não devemos acreditar em tudo aquilo que o governo nos transmite.

4. Olha de forma crítica para aquilo que aprendes na escola: Da mesma forma que não devemos confiar cegamente no governo, também não devemos acreditar em tudo aquilo que a escola nos transmite. Não nos podemos limitar a decorar toda a matéria que nos dão e olhar para aquilo como se fossem leis. Além de que nem sempre teremos os melhores professores. Os estudantes de Hogwarts não aprenderam defesa contra as Artes Negras como deve ser, porque estavam sempre a mudar de professores. Professores como Snape, Moody e Lockhart não eram os melhores exemplos. Certamente que muitos de vocês também conhecem professores assim.

5. O mundo não está dividido em pessoas boas e cruéis: À medida que o Harry foi crescendo, foi percebendo que as pessoas eram mais complexas do que aquilo que pensava. A Professora Umbridge era terrível mas, bem, não era uma Devoradora da Morte. O pai da Luna não era uma má pessoa, mas entregou os miúdos aos Malfoy para ter a sua filha de volta. O Snape foi terrível para Harry, mas no final ajudou-o a compreender tudo. Nada é só preto ou branco, existe muito cinzento pelo meio.


E vocês? Que lições da saga acham que podemos transpor para o mundo conturbado em que vivemos atualmente?

40 comentários:

  1. Gosto tanto de ler posts sobre Harry Potter!! Concordo com tudo o que disseste e, como disse o Lucious Malfoy "Harry Potter will always be there to save the day"... sempre que estou mais em baixo, faço uma maratona de HP e tudo fica melhor :)

    Beijinhos, Ensaio Sobre o Desassossego

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também, e adoro escrevê-los, tanto que já tenho muitos agendados xD. Eu faço o mesmo, motiva-me imenso :).

      Eliminar
  2. Maravilhoso texto. Gosto do filme:)

    O acordar da quimera
    .
    Bjos

    Votos de boa noite

    ResponderEliminar
  3. Ainda não li a saga [primeiro gostava de a comprar toda], mas gostei bastante destas lições, até porque são todas pertinentes!

    r: Sabe sempre bem ir até à praia [eu só dispenso a parte de me deitar na toalha a bronzear ahahahah]
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu li pela biblioteca da minha cidade, mas também gostava de as comprar todas :).
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Não vi nem li a saga até ao fim, mas não resisti a ler o post! Li 2 dos livros há uns anos e vi alguns dos filmes, por acaso uma saga de fantasia de que gostei bastante! Apesar de não ter assistido aos últimos, tenho ideia das histórias e do quanto se tornaram "duras". Vai muito além da magia, com certeza!!
    Beijinhoos

    Automatic Destiny

    ResponderEliminar
  5. Concordo com todos os pontos. A saga Harry Potter é uma história que vai muito para além da magia. E será intemporal!

    ResponderEliminar
  6. r: Fico muito contente que estejas a gostar :D PS: a tua participação será só para a Abril!

    Visita o Meraki
    Redes sociais: Facebook || Instagram

    ResponderEliminar
  7. Conseguiste referir pontos bastante importantes.
    Os livros são realmente bons e devem ser lido e relidos.

    Blogue Meraki
    Redes sociais: Facebook || Instagram

    ResponderEliminar
  8. Para a defesa contra as artes negras, para além de Lupin, nada melhor do que o professor Moody, porque era um dos melhores aurors que existia, o problema é que quando ele foi professor, não era o Mooddy verdadeiro xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o problema foi mesmo esse, por isso é que as aulas acabaram numa desgraça xD.

      Eliminar
  9. Como Potterhead adoreeei o post! Tens toda a razão nestas lições que nos mostraste e sobre as quais devemos refletir porque são importantes para a nossa vida.
    No livro ainda é dada maior relevância ainda à parte dos direitos dos elfos domésticos do que nos filmes.
    Devemos ser críticos relativamente ao que aprendemos e ao que nos é mostrado,porque nem tudo é necessariamente um reflexo da verdade.
    E como dizes nós somos quem escolhemos/ nos esforçamos para ser, sendo que não somos somente bons ou mais.
    Mais uma vez adorei!! Beijinhos :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos livros dão-lhes muito destaque, nos filmes só falam do Dobby, é uma das falhas do filme.
      Obrigada:).
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Todas as lições são bastante importantes! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Ola Querida!
    Eu sou uma fã incondicional do Harry Potter e por mais que o tempo passe continuo a adorar!

    pimentamaisdoce.blogspot.pt <3

    ResponderEliminar
  12. Adorei o post! A saga Harry Potter acompanhou-me ao longo da minha vida! O meu maior arrependimento é mesmo não ter lido os livros antes de ver os filmes. Como comecei quando era pequenina não tinha a capacidade para ler o primeiro livro e, por isso, quando me ofereceram o filme fiquei radiante. Agora, estou a deixar passar algum tempo para comprar a saga completa, quero muito ler os livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :). Também é esse o meu maior arrependimento, sinto que teria vivido a história de uma forma diferente.

      Eliminar
  13. Ainda hei de rever todos os filmes e ler novamente todos os livros e reunir todas as frases que considero mais importantes. Há de dar um livro! xD
    Por onde anda a Sofia?-Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe se até não ganhas dinheiro com isso xD.

      Eliminar
  14. Nunca li nenhum livro nem vi os filmes , ups!

    ResponderEliminar
  15. Potterhead here! 🙋 Li os livros todos ainda em miúda e vi os filmes todos enquanto foram saindo. E não podia concordar mais contigo, além de todo um universo de fantasia, a saga de Harry Potter faz-nos contemplar grandes e pequenas questões e pô-las em contraste com a nossa realidade faz-nos ver que não são assim tão distantes! Amei o post!

    ResponderEliminar
  16. Apesar de nunca ter visto o filme e de não ter lido os livros, gostei das lições para a sociedade que o livro ensina. Sem dúvida lições para a vida e que deveríamos todos aprender também nas escolas e não só em casa :)

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderEliminar
  17. Adoro a saga, sou fanática por Harry Potter. Chorei em dois livros.
    Prefiro mil vezes os livros do que os filmes.
    E podemos tirar tantas lições e tão boas da saga.

    Bjinhos grandes

    Blog: Framboesa com Chocolate

    ResponderEliminar
  18. r: Estou a torcer para que a tragam novamente a palco, e em mais zonas do país, porque está incrível!

    ResponderEliminar
  19. Não li os livros nem vi os filmes, mas acho que as lições que aqui partilhaste aprendem-se no dia a dia, não precisas do Harry Pother.

    ResponderEliminar
  20. Gosto de pensar que com cada livro posso aprender uma coisinha ou duas. Uma vez que esta é uma saga de 7 livros posso aprender muito mais! Por exemplo, Kreacher, o elfo doméstico: No início repudia a Hermione por ser "sangue de lama", mas notamos que começa a torna-se mais amável para com ela. Aprende-se que não devemos julgar nem pela aparência nem nos devemos deixar influênciar pelos estereótipos! :)

    Beijinho!

    Miss DeBlogger

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algo que não tinha reparado, mas realmente também é uma excelente lição que podemos retirar da história, que podemos ultrapassar os nossos preconceitos :).
      Beijinhos

      Eliminar
  21. Das que apresentas, a que gostei mais foi, sem dúvida, a primeira, porque, é algo em que acredito piamente. Não posso julgar alguém pela família em que está inserida e detesto comentários do género «É mesmo filha do pai dela, quem diria que vem daquela família, não confies nos *inserir apelido*, aposto que vai ser boa/má como os pais». O sítio de onde vimos pouco diz de nós, acredito até que o máximo que pode sustentar sobre nós é isso mesmo: de onde viemos. O resto somos nós que fazemos acontecer e ser.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também detesto quando me fazem comentários desses. Obviamente que herdamos certas características dos nossos familiares, mas somos muito mais do que isso. " O resto somos nós que fazemos acontecer e ser", é mesmo, não diria melhor.
      Beijinhos :).

      Eliminar
    2. Sabia que irias concordar comigo 🌻

      Eliminar
  22. Serei para sempre uma fã incondicional de Harry Potter... Adorei o post, são verdadeiras lições que subtilmente sempre estiveram presentes ao longo dos livros e filmes e que só me fazem gostar deste mundo ainda mais!

    Beijinhos!
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
  23. Sou uma enorme fã de Harry Potter! Adoro ler os teus post sobre HP!
    Beijinhos ❤
    ❤ http://araparigadeinformatica.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada 💛. Eu adoro escrevê-los :).
      Beijinhos

      Eliminar
  24. Eu gosto da saga :) Li os livros antes de ver os filmes e partilho da tua opinião.

    ResponderEliminar