"". Life of Cherry: Os problemas de ser a única pessoa introvertida na família !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

10.4.19

Os problemas de ser a única pessoa introvertida na família

Os problemas de ser a única pessoa introvertida na família

A vida de uma pessoa introvertida numa família composta exclusivamente por pessoas extrovertidas pode ser desafiante. E quanto mais elementos tiver essa família, maior o desafio. Enquanto que muitos introvertidos refugiam-se no silêncio acolhedor das suas casas, outros têm que encontrar refúgios noutros lugares, porque fazem parte de famílias assim. Eu faço parte do último grupo (chorem comigo, por favor!). Se estão na mesma posição que eu, provavelmente compreenderão as seguintes situações.


1. Estão sempre a perguntar-te "Está tudo bem?": Ou variáveis como "porque é que estás tão quieto(a)?" ou "estás doente?". Se a tua família ainda não se apercebeu que tu és uma pessoa introvertida, estas perguntas são ainda mais frequentes. Dependendo do quão introvertido/a és, não és tão conversador(a) como a tua família gostaria e, por vezes, isso gera problemas.

2. Tens horários de sono diferentes: Isto não é algo que aconteça com todos os introvertidos, porque alguns valorizamos demasiado o nosso sono de beleza(como eu!), mas outros podem tornar-se madrugadores para se refugiarem no silêncio da noite, altura em que o resto da família está a dormir. Infelizmente, para o horror deles, alguns familiares começam logo amanhã a fazer muito barulho na cozinha, enquanto tomam o pequeno-almoço.

3. Reuniões familiares deixam-te exausto(a): Pais, tios, primas, avós, namorados e vizinhos decidem fazer grande jantar até às tantas da noite e estão todos a falar alto, ao mesmo tempo e para ti (não podiam deixar-te em paz?!). Querem saber como é que está a correr a faculdade/o teu emprego, se estás a namorar, como é que vão as tuas finanças.... Festas familiares já são muito overwhelming para os extrovertidos, para os introvertidos então é pior, porque precisamos de mais tempo para recuperar.

4. Toda a gente está sempre a falar, e a falar, a falar... : Na verdade, não é só nas reuniões familiares que há algazarra. Dependendo do número de elementos que moram na tua casa, pode ser sempre assim. É o drama! Uma pessoa já está todo o dia a estudar/trabalhar num local barulhento, quando chega a casa pensa que se vai refugiar mas não, leva logo com uma dúzia de "Olá, está tudo bem? Como é que correu o dia? O que vais fazer agora?". E mesmo que estejas fora de casa, quando sabem que o teu dia de trabalho já acabou, começam logo a cair sms e chamadas no teu telemóvel.

5. Tempo a sós nunca é verdadeiramente tempo a sós: Por algum motivo misterioso, portas fechadas numa família de extrovertidos é considerado algo suspeito. Toda a gente pensa logo que estamos a cometer algum crime ali, que temos algum cadáver escondido debaixo da cama ou que estamos a planear o assalto a um banco. Não passa pela cabeça de ninguém que podemos estar só a ler um livro ou a ver uma série, e que NÃO QUEREMOS SER INCOMODADOS!

6. Há sempre alguém a bater à porta: Numa família de extrovertidos, abrir a porta a alguém é como jogar à roleta russa. Nunca sabes quem vai estar do outro lado. Estás sempre a tentar adivinhar se é a pizza que encomendaste, se é o teu tio que estava perto e decidiu vir lanchar, se são os teus primos ou se é alguma vizinha que quer vir contar as últimas fofoquices à tua mãe. Depois, é como o jogo das escondidinhas. Tu escondes-te no teu quarto, e a tua mãe anda à tua procura para te juntares às visitas.

7. Embora muitas vezes possam pensar o contrário, adoras a tua família na mesma: Sim, passar tempo com a nossa família pode ser muito para assimilar, por vezes. Mas isso não significa que não os amemos. Como introvertido(a), ao longo da tua vida vais aprender muitas técnicas para lidar com as situações acima com paciência e amor.


E vocês? Também são as únicas pessoas introvertidas na vossa família? Partilhem nos comentários as vossas experiências.

24 comentários:

  1. Obrigada pelas palavras deixadas no meu "Ortografia". Passarei aqui outras vezes.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Pois eu adoro a minha família extrovertida e acredito que esse carácter alegre pode 'puxar' pelos mais introvertidos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adoro a minha e, de certa forma, muitas vezes isso é uma vantagem :).

      Eliminar
  3. Totalmente isso! Alguém que me intenda! Obrigada por esta partilha, sinto-me muito mais compreendida neste momento!!

    ResponderEliminar
  4. tens de aprender a ser mais social. é uma ferramenta importante para a tua vida profissional! Esconder das pessoas é mau XD

    Novo Post no Table for two: Wish Slow Coffee House, já conheces?

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser introvertida não significa que não seja social ou que me esteja a esconder das pessoas, apenas o gosto de fazer com a mesma frequência do que os outros. Mas isso não me impede de ser uma boa profissional :).

      Eliminar
  5. Nunca fui introvertida mas tive uma fase em que simplesmente deixei de ir às reuniões de família porque as pessoas me deixavam exausta. Principalmente com todas as perguntas acerca da minha vida. Não sou introvertida, mas regra geral, gosto pouco que me façam perguntas pessoais e, sobretudo, se estiverem constantemente a fazer as mesmas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo para quem não é introvertido,se as perguntas forem demasiado pessoais acaba por ter esse efeito.

      Eliminar
  6. Eu revejo-me em tudo o que aqui escreveste.
    Porém, eu já cheguei a um ponto de rutura por causa dos almoços e jantares de família. Estou na fase do "NÃO SUPORTO MAIS ISTO". Por isso existem algumas discussões. Enquanto isso desespero por uma vida autónoma, para ter o meu silêncio.
    Não é nada fácil ser introvertida num mundo de extrovertidos.

    ResponderEliminar
  7. Até aos 16 fui a pessoa mais introvertida de sempre!!! Só há uns anos é que comecei a ser capaz de "keep up" com a minha família!

    ResponderEliminar
  8. O que me ri com este post! OMG, identifiquei-me tanto AHAHAH Então o 6! Quando ouço vozes diferentes (aka vozes de quem não vive na minha casa) já começo a revirar os olhos x'D

    Beijinhos, Brenda
    http://momentosdeataraxia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Não sei se sou o único mas isto é tão eu, só sou mais noctívago, sou assim na minha família e fora dela, custa-me é que por causa disso as pessoas tenham sempre uma primeira impressão errada sobre mim, acham-me arrogante, convencido, altivo... quando nada disso corresponde à verdade.

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, é muito comum isso acontecer com pessoas introvertidas. Comigo já aconteceu pensarem que eu era muito aluada ou então muito fria. As pessoas têm que nos dar mais oportunidades para nós nos mostrarmos.

      Eliminar
  10. Não sou introvertida, mas respeito quem o seja.
    Mas esses tópicos são verdadeiros, tenho uma prima que é introvertida, e sei o que ela sofre quando surgem essas perguntas “então não falas?”, “és tão calada?”, “está zangada/doente?”, “raios, nem pareces da família tão calada”, até a mim que estou ao lado mete confusão, eu digo sempre “deixam-na estar” e ela agradece 😂
    Mas a família não percebe que ao “viraram-se” para ela só a afastam mais, ela por vezes refugia-se de nós por causa disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo verdade, todas essas perguntas só afastam ainda mais os introvertidos. O ideal é criar um ambiente de confiança, em que se sintam à vontade para falar e conviver com lhes apetece, não porque se sentem obrigados.

      Eliminar
  11. Para mim, mais do que duas pessoas já é um ajuntamento. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, merecias o prémio de melhor comentário do mês xD.

      Eliminar
  12. hahaha engraçado perceber melhor como funciona um introvertido já que sou extrovertida. Com o passar do tempo tornei-me um pouco introvertida, mas sempre tive necessidade do meu espaço, de ficar horas a ler, de não ver pessoas, pelo menos um pouco. Agora quando passo um dia inteiro com pessoas chego a casa estoirada, como se tivesse nadado 400 piscinas sem parar :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que, no fundo, já és um bocado introvertida, pelo que descreves :).

      Eliminar