"". Life of Cherry: Os meus posts de dicas fazem de mim arrogante? !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

21.1.19

Os meus posts de dicas fazem de mim arrogante?


Há uma uma tendência preocupante,  que está a aparecer tanto no meu blog como na blogosfera em geral: os posts de dicas geram, frequentemente, revolta por parte de algumas pessoas. É cada vez mais frequente aparecerem comentários a dizerem " deves ter a mania" ou " deves achar que sabes tudo". A maior parte das vezes, não são comentários assim tão insultuosos ( em 4 anos de blogosfera recebi muito pior, acreditem), mas são maus o suficiente para serem desnecessários e ofensivos o suficiente para fazer uma pessoa sentir-se insegura. 

Ao publicar as minhas listas/posts de dicas, tenho vindo a constatar que  palavra " deves" parece que incomoda muitas pessoas, como  estivesse a escrever um livro de regras, e eles fossem obrigadas a segui-las cegamente. Já cheguei ao ponto de, no início de publicações, explicar que a palavra " deves" não significa, de forma alguma, que esteja a mandar na vida de alguém ou que esteja a ser condescendente, significa que é apenas algo que pode  ou não ajudar. Mas este disclaimer não adiantou de nada. Aparece-me sempre algum comentário a acusar-me disso mesmo.

Já não é a primeira vez que este tipo de publicações causam este tipo de conflitos. Depois de passarem por uma fase em que seguiam à letra tudo o que liam, agora questionam tudo o está lá escrito. Escrever posts de dicas/listas não é, de forma alguma, fácil de escrever nem fácil de ler. Não é  fácil de escrever porque temos sempre que ter todo o cuidado de para não ofender ninguém e, ainda assim, escrever algo de que nos orgulhemos e que, porventura, ajude alguém. Mas também não é nada fácil de ler porque, dado que hoje em dia estes posts estão em todo o lado, isso significa que nem sempre nos vamos identificar com eles. Vão existir posts em que vamos pensar " Isto é tão eu! Precisava mesmo destas dicas", e vão existir outros em que vamos pensar " isto não se aplica nadinha na minha vida". 

Apesar de os blogs terem cada vez mais conteúdo elaborado, mais bem pensado e mais profissional, não deixam de servir para o propósito para o qual foram criados originalmente: dar uma perspetiva pessoal sobre algo. E sendo uma perspetiva pessoal é, na maior parte das vezes, subjetiva e baseado na experiência de vida da pessoa. Os posts sobre saúde não substituem uma ida ao médico. As reviews de filmes e de livros não estão à altura dos mais conceituados críticos. As receitas partilhadas não se comparam à dos grandes chefs de cozinha. Os posts sobre problemas da vida não são nenhuns conselhos de psicólogos. Grande parte das vezes, os bloggers que fazem publicações com dicas não têm nenhuma formação para isso. Têm apenas a sua opinião, e a sua experiência de vida. Cabe ao leitor a responsabilidade de consumir este tipo de conteúdos de forma consciente, tendo sempre em consideração estes factos.

E por falar em experiência de vida, este é outro assunto que precisa de ser falado. Outra das tendências que tenho constatado é que, quanto mais jovem és, mais revolta os teus posts de dicas geram. Até diria melhor, basta teres um leitor mais velho que tu pare te acusar logo que não sabes do que estás a falar. Até podes ter 40 anos e já ter uma experiência de vida considerável, mas aparece-te alguém com 50 e, para ela, já só estás a dizer parvoíces. Isto é tudo fruto da velha crença que " a idade é um posto", e que não é possível aprender com os mais novos. A verdade é que sim, os mais velhos, à partida, têm  mais experiência de vida mas, por vezes, os mais novos podem ter mais. Tudo depende das nossas vivências e do contexto onde crescemos. Além disso, acho que mais do que no que diz respeito a experiências de vida, a pergunta deveria ser baseada na qualidade destas e não na quantidade. Porque, certamente, todos nós temos experiências de vida diferentes. Sendo assim, a ideia de que também podemos aprender com os mais novos não é assim tão absurda. Nós, jovens, crescemos num contexto e num tempo diferente do que as pessoas de há 20 ou 30 anos atrás, pelo que as nossas aprendizagens são diferentes. Assim, porque é que não podemos também escrever posts com dicas?

Os meus posts de dicas não fazem de mim arrogante, não me acho melhor que os outros nem a dona da razão. Desde quando é que partilhar experiências nos confere alguma destas características sequer?  

42 comentários:

  1. É como dizes: o conteúdo que partilhamos quando temos um blogue relaciona-se com aquilo que gostamos e com que nos identificamos, mas não quer dizer que quem o lê tem de concordar cegamente com aquilo que escrevemos. É só estúpido as pessoas criticarem o que lêem por não concordarem.
    Os teus posts de dicas - ou os de outra blogger qualquer - não fazem de ti arrogante e são até bastante úteis para muita gente. Continua a fazer aquilo que sempre fizeste e a seres tu mesma.

    Beijinhos grandes,
    dreamcatcherblog2.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso que tenciono continuar a fazer, muito obrigada :).

      Eliminar
  2. Olha, nunca tinha pensado nessa prespetiva. Sempre gostei de posts de dicas e listas e, sempre soube filtrar aquilo que se aplica a mim ou não. Atualmente, as pessoas estão mais preocupadas em criticar e arranjar logo falhas do que eu valorizar o trabalho do outro e entendê-lo! Continua com o teu excelente trabalho minha querida!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: http://www.margheritablog.com/ || INSTAGRAM: https://www.instagram.com/rititipi/ || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou comecei a aperceber-me disto de que comecei a receber comentários assi. Muito obrigada :).
      Beijinhos

      Eliminar
  3. O que descreves é algo que parece acontecer um pouco por todas as redes sociais (os comentarios no Facebook, por exemplo, as vezes tornam-se tão hilariantes por isso que da vontade de fazer pipocas e ler). A questão é que ninguém parece respeitar ninguém. Há o direito de ter opiniões difentes, só que para a maior parte das pessoas parece que só uma opinião é que conta, a propria. A meu ver isso apenas atesta para a inteligencia das pessoas e isso é algo que me assusta um pouco.
    É engraçado que quando saí da blogosfera há uns anos não sinto que fosse algo que acontecesse, e agora ao final dos primeiros posts tive de eliminar um comentário mais infeliz, que foi feito em anónimo.
    Não acho que deves deixar que isso te deixe em baixo, porque normalmente pessoas que começam com comentários de "tens a mania...", é porque por norma não têm muita capacidade de argumentação ;).
    Fica bem e vou só fazer um pouco de autopromoção senão levares a mal.

    https://marianaovaicomasoutras.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já nem me consigo divertir com os comentários do Facebook, só mesmo revirar os olhos e fechar a app xD.
      Exatamente, o mal aqui também é que as pessoas não aceitam a existência de outras perspetivas para além das delas.
      Já deixou, mas agora não :). É mesmo isso.
      Estás à vontade, no fim de comentários inteligentes como o teu já é aceitável :).

      Eliminar
  4. Se há algo que aprendi é que as nossas publicações, independentemente do conteúdo, podem sempre criar alguma revolta e controvérsia se as pessoas assim o quiserem. Porque, infelizmente, há sempre alguém a distorcer o nosso propósito de base.
    A partir do momento em que não há imposições, as pessoas não são mais ou menos arrogantes por partilharem dicas. Simplesmente estão a expor o que lhes faz sentido e que podem ajudar outras pessoas

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Isto é uma porta aberta em que só entra quem quer e só faz falta quem acrescenta valor! :) continua...!

    ResponderEliminar
  6. Sabes o que é que eu acho? Que as pessoas devem ter demasiado tempo livre e têm que arranjar algo para criticar para se entreter. :p

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. Olha uem tem um blogue está sempre a "jeito" de levar com comentários menos bons e deves (usada de propósito :p) aprender a conviver com isso. Nunca se consegue agradar a toda a gente e o melhor mesmo é ignorar quem não percebe.
    Não gostam, não leiam (é o que penso mas também não quero saber se tenho muitos seguidores, se me seguem mas estão sempre a criticar então mais vale não seguirem)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, isto já vem no pacote de ser blogger e temos de aprender a lidar com isso :), mas também devemos falar abertamente sobre isto e apoiarmo-nos uns aos outros.
      Também penso assim, não quero esse tipo de seguidores, que só aparecem para insultar.

      Eliminar
    2. Eu sei que chateia e aborrece... Mas acho que tens muito mais seguidores positivos do que negativos ;)

      Eliminar
    3. Isso é verdade, sou muito sortuda neste aspeto, tenho seguidores incríveis :). É aquilo que nos precisamos de lembrar. Como disseram num comentário abaixo, uma pessoa até pode ter 1000 comentários positivos, mas basta ver 1 negativo para começar logo a magicar... É preciso contrariar isso :).

      Eliminar
  8. Cherry, não é que sejas arrogante, mas as vezes leio os teus posts e reviro os olhos porque dizes coisas um bocado parvas na minha opinião... coisas sem sentido... coisas de quem não sabe o que está a dizer!
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto é a tua opinião, nem toda a gente tem de gostar :). Podem não fazer sentido para ti, mas dizer que eu não sei o que estou a dizer é incorreto, porque todo o conteúdo que publico aqui é pensado, ainda mais agora que saí do anonimato.

      Eliminar
    2. não estou a dizer que é incorrecto... mas as vezes dás solucoes a situações que nota-se que nunca passaste verdadeiramente por elas... nao é que seja incorrecto, é mais que não faz sentido "na vida real"...

      Eliminar
    3. Eu dou soluções nesse sentido da palavra, eu dou sugestões que podem ou não resultar. E eu não escrevo sobre nada que não tenha passado.

      Eliminar
  9. O problema é que as pessoas hoje em dia acham que a tua vida tem de se adequar à delas. Se és mais rica tens a mania e não devias mostrar porque estás a influenciar negativamente e as pessoas vão achar que a vida é fácil, se és pobre não deves mostrar porque estás a tirar a esperança, se és magra estás a fomentar a anorexia, se és boazona és viciada no ginásio, se és gorda é porque não te sabes alimentar. Se dizes para a pessoa sair da cama e se fazer à vida, não entendes nada, se dizes para chorar tudo o que precisarem estás a incentivar a depressão.. Tudo, mas absolutamente tudo o que tu disseres vai ser errado para alguém. O melhor a fazer é ignorar. Se a pessoa não está feliz com o teu conteúdo procure outro, não tens que mudar para agradar ninguém. Escreve as dicas que quiseres escrever, da forma que quiseres escrever e quem não gostar volte noutro dia :)

    https://www.sonhamasrealiza.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basicamente, uma pessoa é presa por ter cão e presa por não ter, é criticada de qualquer das formas, por isso mais vale ser aquilo que queremos e escrever aquilo que queremos, é isso mesmo :).

      Eliminar
  10. Ainda nem me apercebi e sinceramnente, a minha opinião de uma forma geral, vai contra isso. Eu, tu e todos que aqui dão dicas, só estamos a partilhar de forma gratuita e acho que toda a aprendizagem deve ser gratuita, estamos a partilhar com o mundo coisas que sabenmos e coisas que connosco funcionam. Não vejo arrogancia nisso, pelo contrario, acho que nete caso a arrogância anda ao lado do egoismo e esse egoísmo seria se guardassemos para nós mesmos as nossas dicas. E como s diz por aí, dica boa é dica compartilhada ;)

    ResponderEliminar
  11. Essa para mim é nova, de facto há gente com muito tempo livre e muita falta de noção.. nunca recebi nenhum comentário de hate de nenhuma forma mas agora até tou com receio ahahah

    bem, como se costuma dizer por aqui, caga e segue em frente :) Beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que há uma primeira vez para tudo, qualquer dia pode calhar-te a ti xD.
      Ora, muito bem dito!
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Eu cá gosto imenso dos teus posts de dicas e, ainda que, nem sempre concorde com algo que dizes não acho que sejas arrogante, aliás, tu não estás a impingir as tuas ideias, estás apenas a partilhá-las e qual é o mal disso? O importante é nós percebermos o que se aplica ou não à nossa vida, se eu tenho a mesma opinião, eu comento a dizer que tenho, mas se não tiver também não tenho problema em partilhá-lo contigo. As pessoas são diferentes, temos ideias e visões diferentes e a partilha torna-se interessante por isso mesmo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada por leres sempre e teres uma boa opinião para dar, mesmo quando não concordamos, gosto muito de te ler :).
      Exatamente!

      Eliminar
  13. Concordo completamente com o que disseste. Hoje em dia, não só na Blogosfera, como nas várias redes sociais, há pessoas que se acham advogados, juizes e donos da razão. Não critico as pessoas que não se revêem em certas publicações que fazes, quem publica conteúdo está sujeito a isso, o que não invalida o ponto de vista de quem está a publicar. Para uns ajuda, para outros nem lá perto. Quem te segue é porque gosta do que escreves, e se der discussão (no sentido de partilhar ideias e comentários construtivos) melhor ainda! Caso contrário, não percebo porque o fazem.

    Beijinhos
    Blog: Jéssica

    ResponderEliminar
  14. Olá Cherry, certamente virei ler seu blog cada vez que você visitar o meu, combinado?
    Vi que você responde as postagens por aqui.
    Na verdade nem consigo entender isso.
    Porque cada vez que comento não vou voltar na mesma postagem.
    E se tiver uma resposta que seja dada lá no meu blog.

    Acho que você não deve se preocupar se alguém se ofende com o que você escreve, ou com suas listas.
    Não ligue. Ignore.
    Meu Blog tem 13 anos.
    Já aprendi quais amizades quero manter.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma prática que dá mais jeito para mim :). Entendo porque as pessoas fazem isso, mas no meu caso eu não gosto, não gosto de andar aí em outros blogs a comentar coisas do meu que nada têm a ver com o conteúdo do post deles. Alguns leitores do blog já se habituaram e já voltam :).

      Eliminar
  15. Esqueci de escrever que "Quase 18" é um filme com uma adolescente estúpida, grosseira e mal educada.
    Lembre que desde pequena ela já era chata e sem amigas.
    E não era ainda adolescente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está, imaturidade emocional. Mas o mais importante é que houve uma grande evolução no seu carácter, tal como acontece na vida real :).

      Eliminar
  16. Olá Cherry,
    Estou a fazer 8 anos de blogger, apesar de nem sempre ter estado presente. Contudo e para dizer-te que em toda a vida de blogger, num dop meus posts fiz um testemunho numa doação de cabelo e expliquei o porquê. Partilhei numa espécie de testemunho e para chegar a mais gente. Qual não é o meu espanto quando recebi várias mensagens na página de facebook do meu projeto pessoal do tipo "que andava a partilhar para ganhar visualizações no meu blog" e que, "queria chamar à atenção do meu público". Além de muita gente ter compreendido a minha mensagem, senti-me uma inútil. Enfim ter "1000 comentários" e um deles "contra" é o suficiente para uma pessoa pensar: "Que faço aqui se for a dar dicas e a transmitir boas energias?" Contudo decidi ignorar e não dar importância. Faz o mesmo querida. "Quem gosta, gosta. Quem não gosta coloque na borda do prato" e, "força na maionese"!
    Beijinhos grandes 😘

    Http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito triste receber esse tipo de mensagens quando tudo aquilo que tu estavas a fazer era partilhar uma causa muito nobre. Compreendo perfeitamente aquilo que tu sentiste. Uma pessoa tem sempre tendência a focar-se nas mensagens mais negativas, mesmo com mil elogios.
      É mesmo isso que todos temos que fazer, obrigada :).
      Beijinhos

      Eliminar
  17. Não acho que se trate, de todo, de arrogância, nem nunca tinha pensado dessa forma...
    Desde que seja bem pensado (como me parece que os teus posts são!), tenha utilidade e criatividade então acredito que posso sempre aprender alguma coisa, mais que não seja sobre a pessoa em questão!
    É filtrar aquilo que não se adequa à nossa vida e, caso não concordemos, podemos sempre explicar o nosso ponto de vista de uma forma educada! :)

    Um beijinho e continua assim!!
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada :). Exatamente, há sempre espaço para um debate saudável nos comentários :).
      Beijinhos

      Eliminar
  18. Infelizmente o politicamente correcto e a crítica impulsiva e vazia tomaram conta dos nossos dias. Nunca vi arrogância nenhuma nas tuas "dicas" e acho que o que as torna especiais é mesmo o cunho pessoal que lhe dás. Tal como dizes umas vezes podemos concordar e sentir-mo-nos identificadas e noutras vezes podemos não concordar assim tanto mas não é preciso vir para os comentários destilar veneno de forma gratuita.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, infelizmente, é cada vez mais frequente. Fico feliz por saber que isso transparece aí para esse lado :).
      Beijinhos

      Eliminar
  19. Oh não ligues e continua a fazer o que te der na gana. Eu leio e nunca me senti ofendida... wtf um blog é algo pessoal, cada um escreve o que quiser. Quem não gostar, não lê. Ora que esta...

    ResponderEliminar
  20. Eu vivi isso no passado, e por um tempo fiquei muito travada sobre muita coisa, no passado eu queria fala sobre o tabu feminino ainda quando nao era muito falado nas midias como hoje e fui muito julgada. Mas hoje percebo que se o seu blog é um meio de se expressar, de dar dicas, ou dizer coisas que tenha o intuito de ajudar e melhorar até algo q ajuda voce, então vai fundo. A gente não agrada a gregos e troianos , nem mesmo as kardashian. Vai fundo no que acredita e no escreve <3
    gostei do seu blog q ja estou seguindo. bjs bjs https://beperes.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admiro a tua coragem por teres abordado esse tema numa altura em que era muito tabu. Ainda hoje é, mas imagino que há alguns anos atrás ainda fosse mais.
      Obrigada :).

      Eliminar
  21. Parabéns pela publicação, está muito bem escrita e reflete sem dúvida o que se passa infelizmente hoje em dia por essa blogosfera fora e nas redes sociais em geral, é triste! Felizmente não tenho sofrido essa onda de "ataques" e espero não vir a sofrer, penso que isso acontece mais no público mais jovem e não é um bom presságio porque se é essa a geração de adultos que se está a formar estamos muito mal...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada :). Sim, é verdade. Eu penso que os leitores ainda têm respeito pelas pessoas mais velhas, com os jovens já não querem saber. Mas mesmo com as pessoas mais velhas já começam a atacar, como referi na minha publicação.
      Beijinhos

      Eliminar