"". Life of Cherry: Uma Peça de Roupa: Pijama !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

30.5.18

Uma Peça de Roupa: Pijama

 Uma Peça de Roupa: Pijama

Todos os dias, quando chego a casa, a primeira coisa que faço é vestir um pijama. Quer sejam 20 horas ou 14 horas, é algo que faço sempre e então, aos fins de semana, se não saio de casa é certo que vou passar o dia de pijama, e não me acanho com isso, simplesmente faço-o.

Sou a minha versão mais feliz e descontraída quando estou de pijama. É nestas alturas que me sinto mesmo eu, natural, calma, mesmo confortável na minha própria pele, de uma maneira que não me sinto quando estou com roupas "normais". É também nestas alturas que me sinto mais criativa e produtiva . Sabem aquela dica típica dos psicólogos  que, para nos sentirmos mais produtivos, temos que nos vestir como se fôssemos sair de casa? Pois, comigo não resulta, é exatamente o contrário.

Eu e os meus pijamas temos uma relação amorosa longa e duradoura, mas tenho consciência que nem toda a gente compreende esta paixão. Para muitas pessoas, os pijamas são aquelas peças de roupas irrelevantes que "só servem para dormir" e, como tal, não pensam muito nisso. Quando vão dormir, vestem a primeira coisa que lhes aparecer à frente e se nem para isso tiverem energia, às vezes até se deitam com a roupa que usaram todo o dia. Lavar os dentes e tirar a maquilhagem já é uma grande vitória.

Aparentemente, não faz grande diferença, não passamos assim tanto tempo em casa e o tempo que passamos no nosso quarto é ainda mais limitado. Por isso, para quê esforçarmo-nos para vestir algo? Na verdade, é exatamente por isso em que realmente nos sentimos confortáveis. Quantas e quantas vezes, por exemplo, nos queixamos que chegamos a casa e não nos conseguimos desligar do trabalho? Talvez o pijama seja aliado para definir essa transição, do sair do trabalho e estar em casa. De vesti-lo e fazer com que as inseguranças, a ansiedade e as preocupações fiquem fora da porta.

Acredito que é nos nossos pijamas que nos podemos sentir verdadeiramente bonitos. Porque, quando escolhem pijamas, estão a escolhê-los para o único propósito de sentirem-se bem nele, enquanto que, quando estão a escolher outras peças de roupa, por muito que tentem escolher aquilo que gostam, inconscientemente também querem agradar a outras pessoas (quanto mais não seja a vossa cara metade). Pode parecer uma peça de roupa irrelevante, mas diz muito sobre nós. 

( Publicação inserida no Desafio 1+3)

41 comentários:

  1. Eu sou igualzinha a ti nesse aspeto! Adoro chegar a casa, tomar banho e vestir logo o pijama.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Embora eu não faça o mesmo que tu - só consigo vestir o pijama ao final do dia, depois de tomar banho, e não consigo passar um dia inteiro de pijama! - achei mesmo interessante esta tua reflexão: "Porque, quando escolhem pijamas, estão a escolhê-los para o único propósito de sentirem-se bem nele, enquanto que, quando estão a escolher outras peças de roupa, por muito que tentem escolher aquilo que gostam, inconscientemente também querem agradar a outras pessoas(...)"
    Obrigada pelo teu ponto de vista! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não somos todos iguais, e são estes debates que tornam tudo interessante :). Obrigada eu :).

      Eliminar
  3. Gosto imenso de pijamas, aliás, é uma das prendas que os meus pais me dão frequentemente e mudo de pijama quase todos os dias. No entanto só o uso para dormir. Tenho roupa muito confortável para trazer em casa que me permite sair se necessário for. O meu marido e as minhas filhas são como tu! :)

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo! Pijama all day! Ahahah mas depois de ser mãe, o pijama fez parte de quase todos os meus dias e houve dias que já me sentia desconfortável pois já não me lembrava da minha roupa normal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que, enquanto mãe, seja a roupa mais prática :).

      Eliminar
  5. Usar pijama realmente é um conforto muito grande, uma sensação de paz, não há com o que se preocupar. Gostei muito do post, beijos!

    Blog Jennyfer Vaz

    ResponderEliminar
  6. Sou igualzinha a ti, se for preciso é pijama o dia todo :)
    Beijinhos
    https://islandgirlife.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Sou tão feliz de pijama :)
    Há uns dias, ouvi alguém dizer que, mesmo que ficássemos em casa, deveríamos vestir outra roupa, caso contrário não transmite aquela sensação de finalizar um dia. É como se a nossa vida fosse um dia único. Apesar de perceber esta ideia, confesso que gosto genuinamente de estar de pijama. E caso não saia é certinho que é nestes preparos que vou ficar ahahah

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também percebo essa ideia, mas não funciona comigo. Sou muito mais feliz de pijama :).
      Beijinhos

      Eliminar
  8. almas gémeas!! eu amo os meus pijamas, não há nada como chegar a casa, vestir o pijama, deitar-me com uma coberta por cima e descansar! eu vivia de pijama se fosse possível xD
    beijinhos :) https://ratsonthemoon.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Nós adooooraaaaamos vestir o belo do pijama. ADORAMOS mesmo ahah

    ResponderEliminar
  10. Se há coisa que eu adoro é chegar tomar um banho muito quente e vestir um pijaminha!!!

    ResponderEliminar
  11. Eu só ando de pijama o dia todo se estiver doente e não tiver forças para vestir outra roupa. Mas tenho uma roupa confortável para andar por casa. É o meu equivalente ao pijama! O importante é estarmos o mais confortáveis possível.

    ResponderEliminar
  12. Nada como andar confortável:))

    Bjos
    Boa noite.

    ResponderEliminar
  13. r: É mesmo dos melhores cheiros :)

    Oh, que querida! Agora deixaste-me completamente sem resposta. Muito obrigada, de coração. Espero que haja mesmo essa oportunidade de nos cruzarmos. Terei um abraço apertadinho para te dar *-*
    Era daqueles prémios que (quase) ninguém recusaria ahahah

    Precisamente! E esse foi um dos maiores ensinamentos que tive na vida, porque nem sempre as histórias de amor duram para sempre. Por vezes, esse sempre é mais reduzido, mas não deixa de ser amor

    Apesar de aquela história não ser verídica, foi escrita após a morte da minha avó. Por isso, há traços que se cruzam.
    Nunca é uma situação fácil, até porque não queremos que os nossos sofram.

    Beijinho grande*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma situação nada fácil :(. O teu avó teria adorado de certeza ler esse texto e ver todo o amor presente nas tuas palavras.
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Olá!!
    Amei o post, pensava que era a única a adorar os meus pijamas mas afinal já vi que não!
    Também sou o tipo de pessoa que quando chega a casa veste logo o pijama, seja que horas forem! <3
    Beijinhos!! <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Sempre me senti muito melhor de pijama. E a minha filosofia é a mesma, pijama assim que chego a casa e, se não sair, nem o tiro. Adoro! Por mim, até na rua andava de pijama...

    ResponderEliminar
  16. Ai, que este post complementa tão bem o post desta semana do Habitat!!! ADORO :) Amei a tua reflexão... e sou "euzinha"!
    Adoro chegar a casa, já lavar-me do dia que se passou e vestir o pijama e ser A SANDRA, simplesmente.
    Também me sinto mais criativa em pijamas, além de que sou uma autêntica coruja... à noite é que a criatividade gosta de "brincar comigo".
    Um dia de pijamas é um dia feliz!
    E não há muito tempo as tendências estavam do nosso lado com o "pijama trend" ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pensei o mesmo quando li a tua publicação! É mesmo coisa típica dos introvertidos. Obrigada <3.
      Eu, por acaso não, eu sinto-me mais criativa de manhã :).
      Pois era,que essa tendêncie volte!
      Beijinhos

      Eliminar
  17. Ai eu amo vestir e andar de pijama. É logo outro conforto não há hipótese! Também tenho o hábito de andar sempre assim em casa, assim que chego, pumbas, pijamaaaa!

    ResponderEliminar
  18. Olá,
    Eu também quando chego a casa tenho o hábito de tomar banho tirar a roupa e vestir umas leggins velhas e daquelas t - shirts largas porque sinto - me mais confortável assim. Acho que tens razão talvez o pijama ou trocar para uma roupa mais confortável seja a transição para as nossas horas de descanso. Uma coisa é certa mal visto a minha roupa confortável pouco há que me faça sair de casa depois ahah
    Beijinho e gostei muito do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, não há volta a dar xD.
      Obrigada :).
      Beijinhos

      Eliminar
  19. Inconscientemente, é provável que já tenha reflectido nisto, mas é tão verdade. O pijama é a peça que compramos inteiramente a pensar em nós. E é tão bom sentirmo-nos bem vestidos no sítio que deve ser o nosso porto seguro. Que reflexão confortável e fofa, Cherry.

    ResponderEliminar
  20. Ahahah eu sou o oposto totaaaaal - odeio andar de pijama mesmo que não saia de casa :p no entanto, também não me deixo "vestir qualquer coisa" só porque é um pijama: até a dormir gosto de me sentir bem! Mas não consigo estar de pijama um dia inteiro. Fico a sentir-me uma batata xD No entanto, percebo bem a questão da transição que falas, de facto é um shift para o modo "casa". Acho que não gosto por ser uma formiguinha e preferir essa transição só para o "vou dormir" xD

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És mesmo o oposto xD. Eu gosto de me sentir uma batata por acaso, as batatas são fofas xD.

      Eliminar
  21. Eu, se pudesse, até ia trabalhar de pijama e de chinelos/pantufas, pois não há nada mais confortável, também chego a casa, tomo um duche e visto o pijama, nunca falha!

    ResponderEliminar
  22. Acho que a minha peças preferida é mesmo o pijama :D Aliás mal chego a casa visto logo para andar a vontade :)
    Beijinho *

    https://w-m-mind.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  23. Adoro andar de pijama. É mesmo das primeiras coisas que faço quando chego a casa, durante a semana sou capaz de chegar à tarde das aulas, vestir o pijama e depois à noite vestir-me de novo para ir tomar café ou assim x)
    Sinto-me mesmo muito confortável, ao fim de semana então, se tiver em casa não o largo.
    No Natal recebi um daqueles polares e não poderia ter ficado mais feliz :p
    Gostei muito do post :)

    ResponderEliminar
  24. Também adoro pijama e visto-o sempre que chego a casa, mesmo que vá sair a seguir ahah
    beijinho
    The Midnight Effect / Instagram

    ResponderEliminar
  25. Concordo e faço exatamente o mesmo :) Seja a que hora for, quando chego a casa mudo para roupinha confortável, porque acho que o mais importante é vivermos os nossos dias no máximo nível de conforto, nem me importo nada se tiver de voltar a vestir-me para sair novamente. Vale mais do que a pena e não dá sequer preguiça, porque compensa muito todo o tempo em que ando feliz e confortável pela casa. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  26. Ao fim-de-semana caso não saia de casa também não tiro o pijama.:) Mas, durante a semana não tenho esse hábito. Às vezes, sim, quando chego a casa coloca «roupa de andar em casa» mas, não o pijama. Ou se visto o pijama depois não é com esse que vou dormir. Faz-me confusão pensar que estive no sofá com o pijama e que já lá estive com roupa que andou na rua e depois ir dormir com esse pijama.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente, eu não me sento no sofá com a roupa que ando na rua, por isso não tenho esse problema :).

      Eliminar