"". Life of Cherry: Como lidar com rumores !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

28.10.17

Como lidar com rumores

Como lidar com rumores

Uma das piores coisas que as pessoas fazem é criar rumores. Se há coisa que tenho aprendido nestes últimos anos é que pode acontecer a toda a gente, quer seja "popular" ou não. Na verdade, os rumores não é algo que acontece  apenas quando andamos na escola, pode acontecer em todas as fases da vida, até no mundo do trabalho.

O problema dos rumores é que são como vírus, quando se começam a espalhar ninguém dá conta, mas quando se já espalharam muito é difícil pará-los. E, tal como os vírus, também podem afetar inúmeros aspetos da nossa vida. Porém, é possível lidar com estes com maturidade e graciosidade, e fazer com que o impacto destes seja menor.


1. Ignora o máximo que conseguires: Quando ouves um rumor sobre ti, uma das primeiras coisas que deves fazer é tentar ignorá-lo. Às vezes, se tu os ignorares, estes acabam por desaparecer. Também mostra que és superior a isso e que não te deixas afetar pelo que as pessoas dizem sobre ti. Contudo, é uma estratégia que nem sempre resulta, mas isso também depende muito da gravidade do rumor que criaram.

2. Comunica com as pessoas: Não há ninguém melhor para mostrar o lado verdadeiro da história do que nós mesmos. Por isso, quando a estratégia acima não resulta, é essencial ires ter com as pessoas e contares-lhe a tua versão da história e desmentir aquilo que foi dito.

3. Confronta a pessoa que começou o rumor: Se sabes quem é que começou o rumor, vai ter com essa pessoa e tenta descobrir a razão pela qual ela falou mal de ti nas tuas costas. É melhor fazeres isto em privado do que em público, porque as coisas podem ficar feias e piorar ainda mais a situação. Tenta abordada a pessoa de uma forma madura e calma, sem revolta, mas que ao mesmo tempo mostre não aceitas a situação.

4. Age com confiança: Quando perdemos confiança ficamos mais fracos, e é aí que os rumores ganham mais força e se espalham mais depressa. Por isso, a melhor maneira de lidares com a situação é agir com confiança. Quando permanecemos confiantes, as pessoas começam a pensar de outra forma e a acreditar menos nas mentiras que se espalharam. A confiança é algo contagiante. Quando nós temos confiança em nós mesmos, os outros acabam por ter também.

5. Não negues demasiado: Pode parecer contraditório, mas negar demasiado pode ter o efeito contrário que desejas. Eu sei, é normal querermos defendermo-nos ao máximo. Quando ouvimos um rumor sobre nós próprios, quer este seja verdadeiro ou não, o nosso primeiro instinto é ficarmos logo à defesa. Contudo, negar demasiado uma situação pode fazer com que pareçamos culpados, mesmo quando não fizemos nada. Por isso, muitas vezes o melhor é falares uma vez ( como disse no ponto 2) e depois ignorares. Só quando te perguntarem sobre o rumor, tu só dizes, de forma clara e breve " não, não é verdade".

6. Deixa que os teus amigos e/ou família te apoiem: Lidar com rumores pode ser duro. Mas lá por estes serem sobre ti não significa que tenhas que lidar com estes sozinho(a). Conversa com a tua família sobre isso, ou então com os teus amigos ( isto porque, muitas vezes, não nos sentimos à vontade para partilhar estes assuntos com familiares). Fala com eles, chora se for preciso e deixa que eles te ajudem. O apoio deles tornará as coisas muito melhores.

7. Não te vingues com outro rumor: Quando criam um rumor sobre nós, a nossa vontade é espalhar um rumor sobre a pessoa que nos tramou e fazer com que esta prove do próprio veneno. No entanto, resiste a essa tentação. Além de mostrar imaturidade da tua parte, ainda pode piorar o ambiente. A melhor vingança é continuares a ser tu próprio(a) e seres feliz.


E vocês? Já foram alvo de rumores? Como é que lidaram com a situação?

20 comentários:

  1. Eu já, na escola, mas optei por ignorar até cair no esquecimento.

    ResponderEliminar
  2. O maior problema dos rumores é mesmo a falta de comunicação. O ouvir e continuar a espalhar a mensagem, por muito que não saibamos se é, ou não, verdade. Acredito que há quem comente determinadas situações sem ter a intenção de criar esta confusão, mas a pessoa com quem a comenta nem sempre é a mais correta. E depois é uma bola de neve, que podia ser evitada.
    Que me lembre, só me aconteceu uma vez, mas nada de grave. Tanto não foi que o rumor morreu tão rápido como começou, porque ignorei-o por completo. Estarmos seguros de nós é mesmo a chave, assim como não o negar em demasiado. Tal como referiste, isso pode ter o efeito contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, o problema é mesmo esse. As pessoas comentam e a coisa vai se espalhando, e ninguém para pensar se aquilo que ouviram é realmente verdade. Mas mesmp que as coisas sejam verdade, é uma falta de respeito andarem a comentar. As pessoas gostam muito de meter o nariz onde não devem.
      Quando não é nada de grave, ignorar acaba por ser a melhor estratégia. Acima de tudo, o importante é não nos deixarmos ir abaixo por causa de rumores .

      Eliminar
  3. Felizmente nunca passei por isso, mas deve ser algo difícil de ultrapassar :(

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  4. Eu, felizmente, nunca fui alvo de rumores mas, se tal, acontecesse ignorava.

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Já passei por isto, na faculdade e no meu emprego anterior. Nos dois casos escolhi ignorar, até porque as pessoas em questão nem imaginavam que eu sabia tudo o que andavam a dizer. Acabou por se provar que era mentira e eu nem me chateei com o assunto. Mas infelizmente nem sempre é assim tão fácil...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ignorar, muitas vezes, é mesmo a melhor opção, é a melhor maneira de matar os rumores.

      Eliminar
  6. Acho rumores sobre mim só nunca ouvi, ou pelo menos não me lembro, mas acerca de dois anos houve uma pessoa que andou a dizer que o meu namorado me andava a trair (na universidade), naquela altura bati mal, é sempre mau, é sempre um boato que poderia ter fundamento, acabei por resolver tudo da melhor forma com ele e hoje estamos super bem, acho que até a confiança é outra. Há coisas que nos fazem superar certos receios. O boato acabou por morrer.
    As coisas muitas vezes têm menos importância do que parecem.
    Concordo com tudo o que disseste :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que deve ter sido um grande teste à vossa relação, uma pessoa acaba sempre por questionar se deve confiar ou não na pessoa. Mas ainda bem que conseguiram resolver tudo da melhor forma e que agora são muito felizes :). A pessoa que criou esse boatos, muito provavelmente, tinha inveja da vossa relação.

      Eliminar
  7. Quando me acontece algo assim, e como moro numa aldeia com pouca gente onde todos se conheces a probabilidade é muita, eu ignoro ou vou ter com a pessoa e confronto-a, o problema é quando não sei quem é, assim não posso ter o gozo de lhe perguntar o que raio tem a ver com a minha vida e mandar a dita pessoa meter o nariz onde é chamada ou arranjar uma vida, como já fiz uma ou duas vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, nas aldeias é bastante frequente, era uma das coisas que eu não gostava quando morava numa.
      Fizeste tu muito bem nessas vezes.

      Eliminar
  8. No sitio onde moro é o que mais existe, infelizmente! Mais vale ignorar mas quando isso não resulta vamos ao ponto 2. Mas é complicado

    Volta & Meia
    Facebook

    ResponderEliminar
  9. Felizmente nunca passei por isso, mas concordo com o que escreveste. Principalmente com a parte de não dar demasiado importância. :)

    https://thesmilingv.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, quanta mais importância se dá pior é.

      Eliminar
  10. Começar um rumor como vingança é uma péssima ideia, it will come back and bite you in the ass!
    https://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Acho que nunca ouvi um rumor sobre mim... Pelo menos que me recorde. Mas as tuas respostas aos rumores são muito maduras :) Eu faria exatamente o que "recomendas" se me acontecesse algo do género.

    ResponderEliminar
  12. Fui vítima de vários rumores, além disso, sentia que cada um era pior que o outro... na altura, não fiz como recomendas, não falei logo com a minha Mãe e deixei-me viver aquela fase sozinha, sendo que fiquei com a confiança completamente quebrada. Não me defendia, mas, quando me perguntavam sobre a veracidade de tal facto, dizia a verdade: eram rumores.
    Posso corroborar que, assim que contei à minha Mãe, o fardo ficou muito mais leve de carregar. Assim como ter começado a ignorar mais as vozinhas atrás de mim e os comentários não fundamentados. Quem me dera que toda a gente lesse este post.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento que tenhas passado por essa situação. Ninguém merece, mas sobretudo tu, que tens tão bom coração.
      Passar por isto sozinha é a pior coisa que se pode fazer, nem quero imaginar o quanto deves ter sofrido com isso. Nisso fazias bem, quando nos perguntam, apenas dizemos que não é verdade.
      Eu já passei por isto e não cheguei a partilhar com os meus pais, mas partilhei com os meus amigos e eles apoiaram-me imenso. É muito mais fácil passar por isto quando temos pessoas do nosso lado para nos ajudarem.

      Eliminar