"". Life of Cherry: 20 questões que deves perguntar aos teus avós enquanto podes !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

9.2.18

20 questões que deves perguntar aos teus avós enquanto podes


O mundo mudou muito desde que os nossos avós nasceram. Antigamente, tudo era muito diferente. Obviamente, não havia smartphones nem todos os luxos que temos agora. Muito não tinham acesso à escola, tinham que trabalhar muito para comer, não tinham água canalizada... Viviam num mundo em que as mulheres até tinham de lutar para votar, algo que é considerado um direito para todos, hoje em dia. Por isso, é sempre fascinante ouvir as histórias que têm para nos contar. 

Não é só os nossos pais que nos educam e ensinam coisas, os nossos avós também podem ter um papel fundamental na nossa educação. Eles viram o mundo de uma forma muito diferente e, por isso, têm uma perspetiva diferente sobre a vida. Podem também ter a sorte de conseguirem finalmente respostas às perguntas que fizeram aos vossos pais e que eles não quiseram responder.

Os avós são incríveis, mas não vão estar aqui para sempre. Portanto, o melhor é aproveitar para conhecê-los para além das histórias que eles já nos costumam contar.


1. Como é que foi a tua infância?

2. O que é que fazias nos tempos livres?

3. Como é que era a vida enquanto cresciam (esta é uma oportunidade de saber como era viver antes do 25 de abril...).

5. Como é que era a tua casa quando eras criança?

6. Quais eram os teus maiores medos quando eras criança?

7. Qual foi o teu primeiro emprego?

8. Do que é que sentes mais falta nos bons velhos tempos?

9. Qual é a tua filosofia de vida?

10. Como é que vocês se conheceram?

11. Como foi o nascimento da mãe/pai?

12. Como é que era o meu pai/mãe em criança?

13. Foi muito difícil educar o meu pai/mãe?

14. Qual foi a tua primeira impressão do meu pai quando começou a sair com a minha mãe (ou vice versa)?

15. Como é que soubeste que a minha mãe estava grávida?

16. Tens algum arrependimento?

17. Do que é que te mais orgulhas?

18. Qual foi o melhor conselho que já te deram?

19. Qual são os ingredientes de um bom casamento?

20. Como é que queres ser lembrado(a)?


E vocês? Já fizeram algumas destas perguntas ao vossos avós? Que perguntas gostavam de fazer?

26 comentários:

  1. Quem me dera ter feito essas perguntas :(

    ResponderEliminar
  2. Há muitas coisas que já não posso perguntar aos meus avós, porque já faleceram. Ainda assim, tive a oportunidade de saber muitas dessas coisas sobre as minhas avós (o meu avô paterno faleceu quando eu tinha 10 meses e o materno quando fiz 4 anos, por isso não tive essa oportunidade) e, de facto, foi mesmo interessante fazer a comparação entre o tempo delas e o meu

    ResponderEliminar
  3. Acabei de guardar estas perguntas. A sério, sei a resposta a tão poucas e a verdade é que eu falo imenso com os meus avós. Isto faz-me crer que não sei o suficiente sobre eles :(

    THE PINK ELEPHANT SHOE // Ganha um cabaz de novidades da Nyx!

    ResponderEliminar
  4. E como são/eram, tão boas as conversas com as avós. (saudades) Bom dia

    Hoje:- {Poetizando e Encantando} Advertências... a saudade não mente.
    .
    Bjos
    Votos de um Sábado Feliz.

    ResponderEliminar
  5. Este post deu-me vontade de estar com os meus avós <3
    Beijinhos!

    Blog ♡ SimplyNeca | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter publicado este post também me deu vontade de estar mais tempo com os meus <3.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Sei a resposta a muitas dessas perguntas, pois morei muito tempo com os meus avós (maternos). Infelizmente, não tenho tanto contato com os outros avós. Mas são ótimas perguntas para conhecer melhor os nossos avós.

    ResponderEliminar
  7. Eram tempos bastante diferentes dos nossos, sem dúvida. Felizmente já fiz algumas perguntas e obtive respostas interessantes. Neste momento só tenho uma avó e não é nada fácil conversar com ela, é muito senhora do seu nariz e só os tempos dela é que eram válidos ahah, típico de algumas pessoas mais velhas. Mas continua a ser óptimo ouvirmos histórias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah, isso é natural em muitas pessoas da geração dela :).

      Eliminar
  8. Já fiz algumas e adoro as histórias que só os avós sabem contar. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. Eu já fiz a grande maioria destas questões, até porque eu sou mesmo muito curiosa :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Sem dúvida que essas e tantas outras são questões ótimas para colocarmos ao nossos avós, afinal de contas, é sempre bom quando imaginamos como seria essa realidade :)

    ResponderEliminar
  11. Infelizmente, já não consigo fazer essas perguntas! Mas gostava muito de as poder ter feito! Um beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente, já não tenho avós há mais de 10 anos, no entanto, cheguei-lhes a fazer muitas perguntas que aqui mencionaste xD a quem eu perguntava mais coisas era ao meu avô paterno que nasceu em 1918, ou seja, ele viveu durante todas as décadas do século XX e eu era muito curiosa com isso, fartava-me de lhe fazer perguntas. Era o mais velho dos meus 4 avós, ainda com alguma diferença significativa de idades, mas foi o meu último avô a morrer. Aquele bagaço no café só deixava as pessoas mais rijas xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deves ter aprendido coisas muito curiosas com ele, nunca cheguei a conhecer ninguém que tenha vivido todas as décadas do século XX.

      Eliminar
  13. Já perguntei algumas, tenho que apontar as outras! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. Fiz tantas perguntas aos meus avós e muitas ficaram por perguntar! Por isso, aconselho mesmo a quem ainda tem avós que os aproveite, que os trate muito bem e que oiça sempre os conselhos que eles dão!
    Por onde anda a Sofia?-Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim o farei, tentarei aproveitar ao máximo:).

      Eliminar
  15. As respostas deles quanto a isso são bem diferentes das nossas! não há dúvida...

    ResponderEliminar
  16. Pois, eu não sou muito próxima dos meus avós. Nunca fui criança de estar em casa deles, passar lá dias sem os meus pais, nunca pude dizer que adorava a comida da minha avó, até porque não adoro, sempre preferi 1000x a da minha mãe. Não sei o que é ter essa relação próxima com os avós, daí que nem nunca tenha tido grande curiosidade em fazer perguntas.

    ResponderEliminar
  17. Post fantástico, é sempre bom lembrarmo-nos de dar mais atenção aos nossos avós :)

    ResponderEliminar
  18. Eu entrevistei os meus para o meu projecto de rádio :) Fiz todas as perguntas e quis saber de tudo, sendo eles emigrantes "a salto" quis saber das suas ilegalidades xD

    ResponderEliminar
  19. Gostava de fazer essas perguntas aos meus falecidos avós paternos que nunca cheguei a conhecer. Já aos meus avós maternos, o meu avô já morreu mas eu também não tinha muito contacto com ele. O mesmo posso dizer da minha avó materna, que quanto mais longe, melhor.

    ResponderEliminar