"". Life of Cherry: 7 sinais de que te estás a tornar na tua mãe !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

19.12.17

7 sinais de que te estás a tornar na tua mãe

7 sinais de que te estás a tornar na tua mãe

Passaste grande parte da tua vida a tentar provar que não és como a tua mãe. És muito mais à frente. Entretanto, abriste horizontes, conheceste novas pessoas, adotaste uma nova forma de pensar mas, de repente, começas a aperceber-te que te estás a tornar parecida com alguém... Com a tua querida mãe, pois claro!

O momento em que te apercebes que estás a ficar como a tua mãe é o suficiente para ires urgentemente ao médico. Mas calma, nem tudo é mau. Afinal, a tua mãe foi a mulher que te educou e te tornou naquilo que és hoje. Lembra-te que há algumas qualidades que podes herdar dela. Outras podes não herdar, isso já não é garantido. Reza é para não herdares os defeitos. Anyway, aqui estão 7 sinais que revelam que te estás a tornar na tua mãe.


1. Tornaste-te um bocadinho confortável de mais a tocar nas outras pessoas: Sabes que estás a tornar-te na tua mãe a partir do  momento em que começas a apertar as bochechas dos bebés dos vizinhos ou a limpar com cuspe algo que um conhecido ou amigo tem na cara. Alguns recuam perante os teus avanços, mas outros já desistiram, não vale a pena tentar parar-te. 

2. Qualquer problema tecnológico requer a atenção imediata de toda a gente: De cada vez uma app bloqueia ou não sabes que foto pôr no Instagram, começas a panicar e a chamar todas as pessoas da casa.

3. Começaste a carregar casa toda dentro da tua mala: O que significa que nunca encontras nada lá dentro.E então de cada vez que tens que o teu telemóvel toca, tens que começar uma busca enorme dele e tirar tudo o que está na tua carteira. Isto resulta, obviamente, em muitas chamadas perdidas, voicemails e mensagens por ler.

4. Não suportas a maneira como os mais  jovens se vestem: O teu roupeiro está a tornar-se mais sofisticado, por isso já não percebes as pessoas que não se vestem dessa forma. Tops com a barriga à mostra? Guardem-nos para a praia. Sweats? Usem isso em casa para estar no sofá. E nem pensem que vou gastar dinheiro com calças rotas.

5. Tens-te tornado mais assertiva acerca das tuas necessidades e a dos outros: Lembras-te dos sermões que a tua mãe dava às pessoas das centrais telefónicas sobre respeito e justiça? " Mas o senhor acha bem pagar-se 10 euros por este serviço? Quem é o seu patrão? Quero falar com ele." Pois, isso és tu agora.

6. Decidiste, de repente, que és a melhor casamenteira do mundo: Pensas que és melhor que o Tinder, mas na verdade só arranjas jantares constrangedores entre pessoas.

7. Independentemente do tempo, não deixas que ninguém saia de casa sem um casaco: Depois não digas que não vos avisei, não me apareçam constipados", gritas tu, enquanto eles se recusam a fazer o que estás a dizer.



E vocês? Estão a tornar-se nas vossas próprias mães?

24 comentários:

  1. Felizmente não me estou a tornar igual à minha mãe e graças a Deus! Primeiramente ela é muito diferente de mim (quando digo muito é dizendo que se não soubessem que somos família diziam que éramos desconhecidas pelas diferenças que temos) e o facto é que aproximo-me mais das pessoas, converso, tenho mais paciência enquanto que ela apenas acha-se superior e não fala. Sou mais amorosa do que ela (daí apertar bochechas a crianças e não conseguir passar por uma sem que sorria para ela) e felizmente sei o que fica bem e o que fica mal. Sei também entender o lado das outras pessoas (os sentimentos delas) enquanto que a minha mãe diz o que lhe apetece, quer magoe quer não. Portanto, não, não estou a tornar-me nela. Beijinhos

    www.carolinafranco.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, aí está um exemplo que as filhas nem sempre saem às mães. Vocês são muito diferentes, por aquilo que me contas. Saíste completamente o oposto. A tua mãe é que devia aprender contigo. Tem uma filha que parece ser um amor de pessoa :).
      Uma pessoa, por observação, também acaba por escolher aquilo ou não que quer " copiar". S ecalhar foi o que tu fizeste :).
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Não estou a conseguir aguentar este post!
    Ri-me do início ao fim, querida Cherry! E sabes o melhor? Identifiquei-me com tudo. Estou a ficar "cota"... Este post permitiu-me perceber o quanto realmente fui crescendo ao longo destes anos, é incrível como ainda há pouco éramos umas crianças e agora já somos quase uns verdadeiros adultos!!
    Mil beijinhos e parabéns por mais um post fantástico!

    Andreia
    www.pillofwords.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, estamos a ficar cotas xD. É mesmo, o tempo está a voar, até assusta!
      Obrigada linda :).
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Até ver não estou muito parecida com a minha mãe. Há coisas que vêm com a idade mas, para já, muita coisa me passa ao lado.

    ResponderEliminar
  4. 3 sem sombra de dúvida, mas desde pequena que sou assim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu por acaso desde pequena que sou assim também xD.

      Eliminar
  5. Analisando esses sinais, conclui que não me estou a tornar na minha mãe haha. Mas o engraçado é que nem a minha mãe é assim, apesar de provavelmente este post descrever uma grande parte das mães deste mundo. Acho que o único ponto dessa lista que me identifico é a mala cheia de coisas, mas é inevitável quando se tem um bebê (literalmente carrega-se a casa às costas haha. Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que nem todas as mães são assim, mas uma grande parte é xD. Pois, quando se tem um bebê, tem que se andar sempre com fraldas, biberão, chupetas .... Deve muita coisa para carregar xD. Beijinhos

      Eliminar
  6. Por acaso não me identifico com nenhum dos pontos, mas para ser sincera, quero muito transformar-me na minha mãe. Tive muita, muita sorte.

    THE PINK ELEPHANT SHOE // Ganha um Black Opium da Yves Saint Laurent!

    ResponderEliminar
  7. Bom dia, Adorei o texto. Somos todas um pouco isso. Um pouco de tudo. Gostei de ler.

    Bjos
    Boa Quarta-Feira.

    ResponderEliminar
  8. Penso que em alguns aspetos somos muito parecidas!
    Beijinho

    abriga-tecomigo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. À exceção da primeira e da segunda, identifico-me com todas as outras e realmente vamos cada vez mais ficando parecidas com as nossas mães.

    ResponderEliminar
  10. Ainda não me estou a tornar na minha mãe ahah, mas tenho algumas características em comum com ela :)

    ResponderEliminar
  11. Bem, eu estou muito mais lamechas! Ultimamente tenho chorado por imensas coisas sem sentido e realmente tenho-me perguntado se não será culpa dos genes! ahah

    Adorei o post!! Muito engraçado!
    Beijinhos!
    Where I Belong

    ResponderEliminar
  12. Sinto que em algumas coisas já sou um bocado igual à minha, mas não me importo! Tive muito sorte com a minha :D

    ResponderEliminar
  13. Acho que ainda só me identifiquei com a parte do vestuário dos outros e o escolher bem os serviços, no meu caso, os gastos nas compras! :)

    https://mundodablue.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Eu sou a casamenteira e trago o mundo inteiro na minha mala... Tenho mesmo mesmo que admitir que não podia ser mais verdadeiro ahah
    _Telma.

    ResponderEliminar