"". Life of Cherry: Porque é que estás a ganhar peso mesmo com uma dieta saudável !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

14.9.17

Porque é que estás a ganhar peso mesmo com uma dieta saudável


Infelizmente, estar a comer saudável nem sempre se traduz numa perda automática de peso. Existem muitos fatores que também entram na equação. Muitas pessoas ficam frustradas, porque simplesmente não percebem aquilo que estão a fazer errado. " Eu não como doces, não como fritos,... Porque é que não estou a emagrecer?", questionam-se frequentemente. Pode ser bastante frustrante, porque sentes que estás a fazer tudo correto, e não estás a ver resultados.

O problema de muitos programas de televisão, livros e outros programas de emagrecimento é que estes raramente falam dos hábitos saudáveis que têm que acompanhar uma alimentação saudável. É por isso que eu defendo que, sempre que possível, as pessoas devem ser seguidas por nutricionistas. Anyway, estes são os erros comuns que podem fazer com que as pessoas engordem, mesmo que estejam a fazer uma dieta saudável.


1. Não estás a contar as calorias: É muito fácil subestimar as calorias que uma salada, um iogurte, uma peça de fruta ou de qualquer outro alimento saudável. Muitas pessoas pensam que, ao estar a comer snacks saudáveis, já não precisam de se preocupar com as calorias, podem ingerir o que quiserem. A verdade é que não é bem assim. É muito importante contar calorias, mesmo que só estejamos a consumir refeições saudáveis. Existem muitos alimentos saudáveis que, apesar de todos os nutrientes e benefícios para a saúde que contem, são bastantes calóricos, como é o caso, por exemplo, da banana.

2. Ainda estás a beber açúcar: E não, não estou a falar de refrigerantes como Iced Tea ou Coca-Cola. Existem muito sumos naturais ditos " saudáveis" no mercado que, na verdade, têm imensos açúcares escondidos. O melhor mesmo é preferir comer peças de fruta em vez de consumi-las em sumos, e beber bebidas como água ou chá.

3. Estás a comer comida demasiado processada: Comidas pré-preparadas ou enlatadas, mesmo que consideradas saudáveis, não são tão equilibradas nutricionalmente como as outras. Sempre que possível, é preferível fazeres a tua própria refeição porque, desta forma, estarás a controlar a quantidade e a qualidade da refeição que irás ingerir.

4. Não estás a fazer exercício físico suficiente: Meus caros amigos, perder peso não se trata só de " fechar a boca" como muitas pessoas gostam de dizer. Até podes estar a seguir uma alimentação correta e saudável mas, se não fizeres exercício físico, os resultados que obterás serão menos satisfatórios. Fazer exercício físico é uma grande ajuda na altura de emagrecer ( embora devas fazê-lo sempre, mesmo quando não queres perder peso).

5. Estás a comer demasiadas vezes ao dia: Existe um mito  de que toda a gente deve comer pequenas refeições várias vezes ao dia, para acelerar o metabolismo e perder peso mais depressa. Isto não podia ser mais falso. Na verdade, ao estarmos a comer mais vezes ao dia, mesmo que sejam refeições com poucas calorias, acabaremos sempre por consumir mais calorias do que aquelas que realmente necessitamos. O ideal mesmo é fazermos apenas seis refeições equilibradas por dia ( abro aqui exceção para os atletas de alta competição ou para pessoas a sua condição de saúde exija que se façam mais refeições).

26 comentários:

  1. Cherry, por favor, muito cuidado com o que escreveste no primeiro ponto. Mais importante do que contar calorias a torto e a direito, o importante é ver no rótulo as quantidades de lipídos (GORDURAS SATURADAS), sódio, açúcares... há alimentos calóricos que não implicam ser menos saudáveis nem provocar facilmente aumento do peso. Afirmações como essa são muito perigosas (e típicas em em casos de distúrbios alimentares, portanto, este tipo de mensagens potência-as). Desculpa o reparo mas não posso fechar os olhos quando vejo erratas na minha área :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, o meu primeiro ponto induziu em erro e pode, de facto, criar pensamentos perigosos. Portanto, peço desculpa por isso. Naquele ponto queria transmitir que lá porque um alimento é saudável não quer dizer que o possamos comer a torto e direito, mas acabei por dar mais ênfase às calorias e acabei por não referir o quão importante é ver os rótulos.
      Não tens de pedir desculpa, eu é que peço por ter induzido ao erro.

      Eliminar
    2. Desculpem estar aqui a intrometer-me. Inês, percebo perfeitamente o que dizes no teu comentário e ler os rótulos é de extrema importância para uma alimentação saudável e equilibrada. E é verdade que há alimentos calóricos saudáveis (como, penso eu, a manteiga de amendoim!). Contudo, se eu tiver uma alimentação saudável mas ingerir mais calorias do que aquelas que gasto (mesmo que sejam calorias limpas!), vou engordar... Pelo menos julgo que é isso que acontece, estou errada?

      (Noto que isto não é de todo um incentivo a contar calorias, coisa que facilmente se torna obsessiva e uma fonte de stress, é só mesmo uma dúvida!)

      Eliminar
    3. Da mesma forma que podes perder peso apenas a comer as comidas mais horrendas. É matemática, não há o que discutir. E não é possível afirmar que alguém realiza uma alimentação saudável consumindo mais calorias do que as que necessita (é um paradoxo). Uma alimentação saudável não é só o que como mas também de que forma eu como, quando é que como e quanto gasto.
      Outro ponto muito importante é perceber de que forma estamos a ganhar ou a perder peso, daí eu ressalvar que é muito importante fazerem a avaliação dos componentes nutricionais e não ver SÓ o número de calorias. Não é que não seja importante, é. Mas não da forma isolada como foi apresentado no tópico escrito pela Cherry - e que se pode tornar perigoso porque há muitas pessoas que continuam a achar que basta apenas verificar as calorias (eu compreendi que não é o teu caso nem isso que colocas em questão). O rótulo tem mais elementos justamente por causa disso, é importante ver os ingredientes, componentes... E todos eles podem chegar a ser mais determinantes do que as calorias.
      Espero ter atendido à tua dúvida :)

      Eliminar
    4. Fiquei esclarecidíssima! Muito obrigada Inês, és uma miúda mesmo especial :)

      Eliminar
  2. Ganhar peso não implica engordar podes ganhar quilos em músculos. Podes também perder volume e não se alterar o teu peso. Muita gente esquece-se disso.
    Este é um tema em que todos estamos muito formatados para as aprendizagens erradas dos programas de TV e afins. Se formos fazer mudanças sozinhos sem acompanhamento de especialista (PT's e/ou Nutricionistas) é provável fazermos mais asneiras que coisas certas.
    Infelizmente ainda está tudo muito focado com o numero da balança e não com o resto das diferenças no corpo.
    Mas levantaste um bom tópico de discussão ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se, de facto, também se pode engordar quilos em músculo. Por isso é que também é importante sermos acompanhados por um nutricionista.
      É, os programas de TV, livros e afins, induzem muito ao erro. É por isso que ter acompanhamento de profissionais é importante.

      Eliminar
  3. Comer, comeeeer, nom nom nom nom *modo monstro das bolachas on*

    ResponderEliminar
  4. Quando li o tema do post pensei que ia ser mais um daqueles posts com o que as pessoas querem ler. Mas não e ainda bem porque diria que essas são mesmo as razões pelas quais não conseguem perder peso. Não é difícil se fizerem as coisas direitinhas.

    ResponderEliminar
  5. Sim o exercício físico é fundamental!! Complementar as duas vertentes é o ideal!!

    Passa pelo blog e aproveita a oportunidade de ganhar vários prémios fantásticos. A participação é mega simples. Vais adorar!!

    http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/09/mega-sorteio-de-regresso-as-aulas.html

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Já me aconteceu, mas também se deveu a estar a fazer demasiada musculação, neste caso precisava de fazer mais cardio!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UMA BEAUTY BOX!

    ResponderEliminar
  7. Boas dicas :)

    http://quase-italiana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Já tens mais ou menos ideia que sou toda dada a uma alimentação em equilíbrio com um estilo de vida activo, assim, gostei muito de ler os 5 pontos que nos propões para este tema. Na verdade, a minha intenção não é DE TODO emagrecer, porém, quando foi, não acho que contar calorias tivesse ajudado, aliás, colocou em mim um sentido de obrigação, uma certa paranóia, e acredito vivamente que para emagrecer com saúde não pode haver factores de elevado stresse. Percebo em que sentido o mencionas, mas, esse sentido vale sem a contagem de calorias... as pessoas têm de ter noção que não é por amêndoas serem saudáveis que se vai comer logo 100gr...
    Quanto aos outros pontos, não podia estar mais de acordo, são todos muito importantes, principalmente o das comidas processadas, devido aos danos que isso nos pode causar, ainda por cima estamos a anular o efeito do «estilo de vida saudável»!
    Beijinhos,
    Joaninha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como tudo na vida, não pode ser nem 8 nem 80. Se bem que quando eu disse aquilo foi mais nesse sentido mesmo, tal como a Inês disse e muito bem, também é preciso ter em atenção os rótulos.
      Sim, existem muitas comidas processadas no mercado que parecem saudáveis, mas não o são. O melhor mesmo é sermos nós a confecionar as nossas refeições.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Neste momento o meu processo é fazer exatamente o contrário x) Eu quero engordar de forma saudável, mas faço algumas dicas que aqui referes. Funciona para os dois casos. Pratico exercício físico 3x por semana para ganhar músculo (eu quero engordar, mas não quero gordura, e como não ando no ginásio e apenas treino com o peso corporal, o processo é bastante moroso). Contabilizo tudo aquilo que meto à boca (tenho as calorias estipuladas para os dias, conforme sejam de treino ou não, e ingiro aquilo de que necessito, sendo que controlo também o meu peso, e tem dado resultado). E como referi que não quero ganhar gordura, e pretendo engordar de forma saudável, cortei completamente nos sumos, bebendo 1,5L a 2L de água por dia, e evito o açúcar (evito, não o eliminei por completo porque ainda sou gulosa). De vez em quando cometo as minhas loucuras, mas tenho sempre bastante mais cuidado :) A verdade é que consegui engordar (agora está a custar mais porque, como referi, treinar em casa é mais difícil), mas sei que se continuar, alcançarei os meus resultados.
    Quero ainda acrescentar um ponto: na procura por um nutricionista, é importante optar por um profissional que saiba aquilo que está a fazer (e há muitos bastante bons, mas infelizmente também há outros que não sabem o que estão a fazer). Eu própria quando me fartei de ser magra consultei dois e ambos me garantiram que era de mim, que não conseguiria engordar por ter o metabolismo demasiado acelerado, e que o que comia era mais do que suficiente. Ignorante como era nesta temática (e ainda sou, em muitos aspetos), lá aceitei aquilo que me disseram. Só que felizmente comecei a namorar com uma pessoa que tem particular interesse por nutrição e desporto e me provou o contrário. Com força de vontade e sacrifício, consegui. Afinal não comia assim tanto quanto achava (nem nas dietas que os nutricionistas me tinham recomendado), e o exercício físico era fundamental.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, algumas destas dicas funcionam para os dois lados :). Bem, estás a seguir um plano muito direitinho, sim senhora :). Muitas pessoas pensam que, para engordar, basta comer tudo aquilo que é porcarias, mas tu estás a fazê-lo da forma mais correta. Sim, sem dúvida que é muito mais saudável engordar ao ganhar músculo em vez de ser a ganhar gordura. Muitos parabéns, tenho a certeza que, por esse caminho, atingirás o resultados que pretendes :).

      De facto, há profissionais que nem parece que têm um curso. Dizerem-te isso é inadmissivel. Com um plano de exercícios adequado e uma alimentação correta, é possível engordares. Ainda bem que calhaste de namorar com uma pessoa que tem conhecimento nesta área :).

      Eliminar
  10. Muito boas dicas, já debati-me com algumas dessas situações.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Mais um post útil! Concordo com tudo o que disseste! :P
    A mim, felizmente, não me acontece mas tenho colegas que acontece devido a tudo o que mencionaste! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. É fundamental haver equilíbrio e atenção com aquilo que fazemos/consumimos, porque não podemos focar a nossa atenção apenas na alimentação e esquecer o resto.

    ResponderEliminar
  13. Concordo com o que dizes e às vezes não é mesmo nada fácil!
    Gostei muito do post :)

    Beijinhos e bom fim de semana!
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar