"". Life of Cherry: 10 coisas que mudam quando te começas a respeitar a ti próprio/a !-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

24.8.17

10 coisas que mudam quando te começas a respeitar a ti próprio/a


A minha mãe costuma dizer que não há amor maior do que o amor próprio. Antes eu não compreendia isso mas agora, após anos de inseguranças e de baixa autoestima, finalmente percebi o que ela queria dizer.

Durante anos não soube respeitar a mim própria. Não soube dar valor a minha própria, achava que não prestava para nada, que existiam pessoas muito melhores do que eu. Por conseguinte, as outras pessoas também pensavam assim.

Porém, quando ( finalmente) descobri que era cansativo viver desta forma, sempre a desvalorizar-me, comecei a trabalhar para me respeitar mais a mim própria e ganhar autoestima. Para quê concentrar toda a minha energia em desprezar-me a mim própria quando posso trabalhar para me amar mais e tornar-me uma melhor pessoa?

Melhorar a relação que temos com nós mesmos é um caminho longo e bastante difícil, mas quando estamos continuamente a insistir nisto, coisas boas, diria até mágicas podem acontecer, como estas.


1. A tua relação com ti próprio/a melhora: A partir do momento em que começas a cuidar de ti próprio/a, fisicamente, mentalmente, e emocionalmente, apercebeste-te que a relação mais importante que podes ter é a tua relação contigo/a próprio/a, e é esta relação que vai ditar todas os teus relacionamentos.

2. Começas a amar-te a ti próprio/a: Começas a parar de procurar desesperadamente o amor dos outros para preencher o teu vazio, e começas a preencher este com amor próprio e autoestima.

3. Os teus relacionamentos melhoram: O teu relacionamento com as outras pessoas melhora significativamente. Começas a abordar as pessoas com mais confiança, mais simpatia e mais bondade. As outras pessoas começam a estar mais tempo contigo, porque as abordas com confiança e abres-te mais nas conversas.

4. Atrais boas pessoas: Se há coisas que a vida me tem ensinado, é que positividade atrai mais positividade. Se tu dás positidade ao Universo, este dar-te-á mais de volta. Por isso, quando te sentes bem contigo/a próprio e és positivo/a, atrais mais pessoas assim, boas pessoas, interessantes, que vale a pena conheceres.

5. Afastas-te das pessoas tóxicas: Quando deixas de ter pena de ti próprio/a e começas a ter amor próprio, de repente percebes com clareza aquelas que pessoas que são tóxicas, que são negativas e só te fazem mal. Percebes que os relacionamentos não podem ser unilaterais. Por muito que gostes de uma pessoa, se essa pessoa é emocionalmente abusiva, o melhor é afastares-te.

6. Começas a lutar por ti próprio/a e pelo que acreditas: Quando ganhas amor próprio/a, as tuas certezas falam mais alto do que as tuas inseguranças. Deixas de acreditar na negatividade e nas dúvidas que os outros têm de ti, e começas a lutar por aquilo que queres. Elas podem dizer coisas más ou mesmo cruéis, mas tu já não as ouves. Estás concentrado/a nos teus objetivos e nos planos para os atingir.

7. Paras de sentir a necessidade de justificar as tuas escolhas a toda a gente: Se tu estás a fazer escolhas que te deixam feliz e que não prejudicam ninguém, não deves explicações a ninguém.

8. Paras de te deixar levar pela pressão do teu grupo de amigos, da família ou da sociedade: Deixas de fazer escolhas baseadas no que os teus amigos ou a tua família quer, ou baseadas nas normas restritas da sociedade. Fazes as escolhas que te fazem feliz e que te parecem ser as mais acertadas ( mesmo que, por vezes, não as sejam).

9. Paras de culpar o destino ou Deus pelas circustâncias: Sabes que há coisas na tua vida que não podes mudar, mas muitas outras que podes, e é nessas em que te concentras. Não adianta nada ficar parado/a a chorar pelos azares que tiveste na tua vida, quando não tens sorte fazes a tua própria sorte, e quando as oportunidades não aparecem, tu crias as tuas próprias oportunidades.

10. És mais feliz: Desde que comecei a respeitar-me a mim própria e me comecei a amar, que me sinto mais feliz. Sinto-me mais leve, mais sorridente, mais confiante. Claro que continuo a ter as minhas inseguranças e os meus medos ( todos nós os temos), mas não deixo que estes falem mais alto que os meus sonhos e as minhas convicções. Tento, todos os dias, pensar de forma positiva, rodear-me de pessoas positivas, e lutar para atingir os meus objetivos.


17 comentários:

  1. É incrível como amor próprio devia ser uma das primeiras coisas adquiridas e, no entanto, é, muitas vezes, das mais difíceis.
    Quando nos respeitamos, aprendemos a não procurar nos outros aquilo que sentimos que nos falta. Pelo contrário, passamos a valorizar aquilo que temos/somos e a cuidar de nós com gosto e consciência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo incrível. Devia ser mesmo das primeiras coisas que adquiríamos na vida, evitava muitos problemas.
      Concordo:).

      Eliminar
  2. Olá! Podes encontrar no meu blog (http://hannamargherita.blogspot.pt/) uma TAG em que te nomeei. Espero que gostes e sente-te livre para responder ou não.
    Gostei muito do post, sem dúvida que para viver uma vida feliz temos de nos amar incondicionalmente e respeitar-nos!
    Beijinho, Ana Rita*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou passar por lá então:).
      Muito obrigada :).

      Eliminar
  3. Adorei o post! Segui o teu blog, podes seguir o meu? :)

    http://aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Nunca vou esquecer o momento em que a minha mãe me disse: "Enquanto não gostares de ti mesma, nunca vais sentir que os outros gostem".
    Ganhar respeito por nós mesmos e gostar de quem somos não é fácil, é todo uma caminho doloroso mas que vale todo o trabalho.
    Quando a nossa perspetiva de nós mesmos muda o mundo ganha automaticamente outra cor.

    Xiá
    https://thecoffeecupblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A tua mãe deu-te um conselho muito valioso:).
      Concordo :).

      Eliminar
  5. Muito lindo o seu texto e o amor próprio é vida, é alegria....quando temos amor próprio é difícil algo nos abalar. E afastar de pessoas toxicas é a melhor coisa! Aprendi isso!

    Beijinhosss ;*
    💻 Blog Resenhas da Pâm

    ResponderEliminar
  6. De facto, ter amor próprio acaba por nos mudar muito e para melhor!
    A partir do momento em que nos olhamos para o espelho e sorrimos por gostar do que vemos, até parece que tudo corre melhor :)
    Diria mesmo que o amor próprio é a chave para o sucesso em imensas coisas.

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente, é tudo muito melhor quando gostamos e nós respeitamos a nossos próprios:).

      Eliminar
  7. <mas não tenhas a menor dúvida e o ponto que mais me atrai na tua lista é o facto de afastarmos pessoas tóxicas. bem verdade!

    ResponderEliminar
  8. Concordo perfeitamente. Saber estar connosco próprios é a base de tudo e não é uma lição fácil de aprender :)

    ResponderEliminar
  9. Resumiste o essencial! Tenho passado por esse processo! :)

    ❥ Biju da Ju,
    juvibes.blogspot.pt

    ResponderEliminar